Cidades Destaques

Polícia Militar inicia novas operações para reforçar segurança no transporte coletivo

As ações vão intensificar o policiamento nas linhas e horários de maior incidência de assaltos e vão ocorrer simultaneamente em várias frentes, em todas as zonas da cidade- foto: Divulgação/PM
Redação
Postado por Redação

A Polícia Militar anunciou que dará início, neste fim de semana, a várias operações para aumentar a segurança nos ônibus do transporte coletivo de Manaus. As ações vão intensificar o policiamento nas linhas e horários de maior incidência de assaltos e vão ocorrer simultaneamente em várias frentes, em todas as zonas da cidade.

De acordo o comandante geral da Polícia Militar, coronel David Brandão, as ações são desdobramento de reuniões ocorridas quarta e quinta-feira (19 e 20) com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Ministério Público do Estado (MPE/AM), empresas do sistema de transporte coletivo, além de outros órgãos ligados ao tema.

Na última quarta-feira (19), o alto comando da Polícia Militar e a SMTU se reuniram para traçar ações que irão aumentar a sensação de segurança para a população que utiliza o transporte coletivo em Manaus.

Segundo David Brandão, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) tem dados que comprovam a redução de 25% na ocorrência de assaltos nos coletivos em 2017. Os números são relativos aos cinco primeiros meses do ano. “Os dados também mostram que aumentou o número de prisões relacionadas a assaltos aos coletivos. Quase 160 pessoas foram presas somente nesses cinco primeiros meses”, revelou.

A promotora de Justiça, Sheyla Andrade, da 81ª Promotoria Especializada na Proteção e Defesa do Consumidor (81ª Prodecon), disse que o MPE vai realizar uma audiência pública para debater a proposta do Sinetran de retirar o dinheiro em espécie no pagamento da passagem que passaria a ser pago apenas via bilhete eletrônico. “Estamos propondo uma audiência pública para que a população possa analisar e validar a proposta”, disse a promotora.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários


Deixe um comentário