Polícia

Polícia pede apoio para localizar e prender flanelinha investigado por homicídio

O crime aconteceu na madrugada do dia 24 de dezembro de 2012, por volta das 4h, em uma casa na rua Apurinã, Centro de Manaus- foto: divulgação/PC
Redação
Postado por Redação

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Carlos Tavares, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros – Anexo (DEHS-Anexo), solicita a colaboração de todos na divulgação de retrato falado de flanelinha, identificado apenas como “Carlos” ou “Neguinho”, autor do homicídio de Nonato das Graças Madureira, 26 anos.

O crime aconteceu na madrugada do dia 24 de dezembro de 2012, por volta das 4h, em uma casa na rua Apurinã, bairro Centro, Zona Sul da capital.

De acordo com a autoridade policial, uma testemunha informou que, no dia do fato, foi até à casa da vítima para pegar dinheiro e, no local, encontrou “Carlos” fazendo uso de substâncias ilícitas. Na ocasião, o noticiante jantou com a vítima e permaneceu no imóvel durante 30 minutos. Momentos depois, ouviu alguém chamar por Nonato do lado de fora da residência.

“No dia do crime, o infrator desferiu na vítima um golpe de faca. Nonato foi atingido no pescoço e acabou vindo a óbito. Quem puder colaborar com informações em torno no caso, entrar em contato com a nossa equipe pelos números de telefone da unidade policial: (92) 3651-6074, 3214-7840 ou 99962-3125”, disse o titular da DEHS-Anexo.

Denúncia anônima

Tavares ressaltou que delações também podem ser feitas ao número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário