Policial é afastada após jornalistas serem agredidos numa coletiva, em Manaus

foto: reprodução

O Governo do Amazonas, por meio da Casa Militar, determinou o afastamento da sargento da Polícia Militar, Michele Welche Silva Lobo, que integra a equipe de segurança do vice-governador Carlos Almeida (PTB). O afastamento se deu após ocorrência de agressão a jornalistas numa coletiva convocada pelo próprio vice-governador, no fim da manhã desta quarta-feira (28).  Em um vídeo é possível ver parte da confusão.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP-AM) fala em quatro jornalistas que foram agredidos, que são Rosiene Carvalho, correspondente do UOL, colunista de política da Band News FM e do Blog que leva seu nome; Cinthia Blink, repórter do site 18h, da Rádio Mix e do portal O Amazonês; Jullie Pereira, repórter e apresentadora do site Amazonas Atual; e o fotojornalista Adriano Nascimento dos Santos, que estava atuando pelo Portal Manaós Notícias.

Segundo a nota de repúdio do SJP-AM, os jornalistas foram agredidos diretamente pela equipe do vice-governador que se recusou a responder as perguntas da imprensa para o evento que ele próprio havia convocado. Ainda de acordo com o Sindicato, conforme vídeos, depoimentos e registros feitos pela imprensa local, Cinthia Blink e Jullie Pereira tiveram arranhões e marcas no braço. Ambas foram empurradas pela segurança mulher que integrava a equipe do vice-governador, logo após o fim do pronunciamento.

“A jornalista Rosiene Carvalho, que seguiu atrás do vice-governador para fazer perguntas, o que é uma prática profissional, foi bloqueada, empurrada e teve as mãos presas pela mesma segurança cuja identidade ainda não foi confirmada. Ao tentar registrar os fatos, o fotojornalista Adriano dos Santos recebeu um tapa no equipamento”, completa o posicionamento do SJP-AM.

O Governo do Amazonas, afirma que a determinação é para que seja aberto processo administrativo para a devida apuração dos fatos e adoção de medidas cabíveis. O Governo do Amazonas ressalta que preza pela liberdade de imprensa e a correta postura dos seus servidores.

Portal Manaus Alerta – Com informações da assessoria