Foto: Reprodução

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro lamentam a morte do jornalista Cristiano Pereira Góes, ocorrida nesta terça-feira, (18).

VEJA TAMBÉM: Aulas no colégio Adalberto Valle são suspensas após falecimento de pai de aluna

“O que iremos guardar é a alegria e o sorriso pacato do companheiro Cristiano. Do seu comprometimento profissional e da pessoa amiga que foi. Nos solidarizamos com sua família e amigos nesse momento de profunda tristeza”, disse o prefeito de Manaus, que irá decretar luto oficial na capital.

Com mais de 20 anos de profissão, Cristiano Góes atuou em diversos veículos de comunicação televisiva, entre eles as TVs Cultura, Band e Amazonas, nos quais foi repórter, apresentador e produtor executivo, dedicando-se, atualmente, em assessoria empresarial e outros projetos individuais.

“O Cristiano era uma pessoa muito querida pela nossa equipe, sempre pacato e sorridente. Em nome de todos os colegas da Prefeitura de Manaus, desejo muita fé para sua esposa, filha e demais familiares”, comentou a primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Ribeiro.

*Com informações da assessoria