‘Prefeito tem de estar na rua’, diz Arthur Neto em vistoria a obras de educação e assistência  

Foto: Alex Pazuello / Semcom

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, vistoriou quatro obras previstas para serem entregues ainda este ano: duas de educação, uma de assistência social à família e ao idoso e uma de saúde, localizadas nas zonas Leste e Norte da cidade. “Para mim, prefeito tem de estar na rua, vendo de perto sua gestão acontecer”, destacou o chefe do Executivo municipal neste sábado, 14.

Os espaços vistoriados foram o Centro Municipal de Ensino Infantil (Cmei) Júlia Barjona, no São José, que chegou a 67% de execução; o Centro de Convivência da Família e do Idoso, no Jorge Teixeira; a Clínica de Saúde da Família, no São José, com capacidade para atender 14 mil pessoas por mês; e o Centro Integrado Municipal de Educação (Cime) no Novo Aleixo, que, atualmente, está com 50% da obra executada.

“A cada dia que vistorio uma das nossas obras em andamento, e faço isso com prazer, sabendo que cada uma delas irá melhorar um aspecto da vida de vários manauaras, noto a transformação que fizemos e estamos fazendo em Manaus. Muito disso, devo à confiança do povo e de pessoas que nos ajudam a construir uma cidade melhor. Sempre procuro, aliás, conversar com os trabalhadores, cumprimentar um a um, motivá-los a entender o que está acontecendo, que eles estão escrevendo um novo capítulo na capital da Amazônia”, observou Arthur.

Na visita à obra, um trabalhador da construção civil reforçou a importância da prefeitura na geração de empregos em Manaus. “Há um tempo, a construção civil estava uma área um pouco fraca, mas a prefeitura deu muito emprego, milhares de pessoas foram contratadas. Essas muitas obras da cidade, melhorando Manaus, são da prefeitura, e estão empregando muita gente”, disse o trabalhador Rubervanio Chaves.

Atenção ao Idoso

Dentro da programação, o prefeito esteve no Centro de Convivência da Família do Idoso, no São José. O local irá integrar as ações de assistência social, esporte e lazer, descentralizando a área do Parque Municipal do Idoso. “Esse Centro do Idoso é muito importante, é o segundo de Manaus, e para podermos colocar essa obra em pé, são mais de 380 metros de drenagem da água que vem do igarapé. Essa fase inicial da obra é a que mais demora mesmo, normalmente, por causa da drenagem, mas após essa fase será mais rápido. O responsável pela obra assegurou que até final do ano estará em pleno funcionamento”, mencionou o prefeito Arthur Neto.

Esse novo espaço terá o objetivo de desenvolver ações e realizar atividades que contribuem para a redução de ocorrências de situação de vulnerabilidade social, prevenção de ocorrência de riscos sociais, ampliação do acesso aos direitos socioassistenciais, melhoria da qualidade de vida, fortalecimento de vínculos sociais e familiares, entre outros, e terá como público-alvo as crianças, jovens, adolescentes, adultos e idosos, integrando as ações de assistência social, esporte e lazer.

O novo centro de convivência terá pista de caminhada, playground, academia ao ar livre, laboratório de informática, refeitório, sala de ginástica, ludoteca e salas de aula.

Clínica da Saúde Hilário Gurjão

O prefeito Arthur Neto esteve também na Clínica de Saúde da Família, na rua Hilário Gurjão, Jorge Teixeira, zona Leste, que está na fase final de obra. “A Hilário Gurjão será uma UBS [Unidade Básica de Saúde] tipo quatro, o que significa uma capacidade de atendimento de 14 mil pessoas por mês. É uma obra com estimativa de conclusão para dezembro, mas com a necessidade de alguns reforços, para que seja assegurada essa entrega.  É um trabalho muito duro, mas, sobretudo, importante para a saúde da população”, explicou Arthur Neto.

A Clínica da Família da Hilário Gurjão é uma obra aos moldes de outra clínica da família, a Waldir Bugalho, já inaugurada durante a atual gestão municipal, atendendo à população da zona Leste de Manaus. “A clínica, com 1.200 metros quadrados de construção, possuirá atendimento médico, de enfermagem, odontológico, assistência social, farmácia, ou seja, todos os serviços inerentes a atenção primária à saúde para a população”, explicou a subsecretária de Gestão Administrativa e Planejamento Interina, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Elisângela Machado.

Obras de educação

No Cmei Júlia Barjona, no bairro São José, o prefeito se mostrou satisfeito com o ritmo dos trabalhos. “O aspecto da obra é bem diferente desde a última vez que estivemos aqui. A reconstrução dessa escola é muito importante para mim, um sonho da minha gestão”, salientou o prefeito.

Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), a empresa responsável está com os serviços concentrados no fechamento das salas, executando a cobertura, para, posteriormente, iniciar a pintura. No total, são dez equipes atuando na obra, para garantir a entrega do Cmei até dezembro, a fim de reforçar a rede municipal de ensino já no ano letivo de 2021.

O Cmei contará com 11 salas de aula, duas salas multiuso e uma de informática, além de espaços administrativos completos com sala de professores, pedagogia, secretaria e amplo refeitório. Também terá com um pequeno auditório e um pátio coberto, para atividades extracurriculares. A escola possuirá capacidade para receber 660 alunos, em dois turnos (matutino e vespertino), ou 330 alunos em período integral, e irá ao encontro das necessidades dos moradores do bairro São José, zona Leste, zona mais populosa do município.

O projeto contempla também o paisagismo com ampla área para plantação de grama, manutenção de árvores já existentes do terreno e plantação de mudas, seguindo o planejamento da Comissão Especial de Urbanismo e Paisagismo, presidida pela primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Já no Centro Integrado Municipal de Educação (Cime), no bairro Novo Aleixo, zona Norte, o chefe do Executivo municipal destacou que sua preocupação em entregar a obra até dezembro é a razão pela qual tem ido “diariamente bater o ponto” no local, onde constatou o avanço dos trabalhos que ultrapassam os 50%.

“Essa é uma obra monumental, principalmente após o reforço que a empresa deu em pessoal e maquinaria, para que possa ser entregue o quanto antes. É uma estrutura fantástica, de uma escola que não existe como ela outra no país, tanto que o Ministério da Educação pediu e já enviamos esse modelo, para que possa ser replicado para o Brasil inteiro. Traz um conforto para as crianças, e tem tudo que se possa imaginar, além disso, aliada à excelência na gestão da Semed [Secretaria Municipal de Educação] já praticada, que nos fez subir de 23º lugar, para 9º lugar no ensino do Brasil, portanto somos elite no ensino público fundamental”, destacou o prefeito Arthur Neto.

Com informações da assessoria