Saúde

Prefeitura altera o acesso às listas nominais de vacinados contra a Covid-19

Foto: Ruan Souza / Semcom

Com o aumento do número de vacinados contra a Covid-19 em Manaus, que ultrapassa 700 mil pessoas e mais de 1 milhão de doses aplicadas, a Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) passou a dividir em dois arquivos a lista nominal dos que receberam a vacina desde o início da campanha de imunização, em 19 de janeiro. A lista é publicada diariamente no site da secretaria (https://semsa.manaus.am.gov.br), até as 22h, como parte das medidas de transparência adotadas na administração do prefeito David Almeida.

“Pelo volume de nomes, a lista começou a apresentar problemas para ser visualizada, sendo necessário fazer uma divisão em duas planilhas eletrônicas”, informa a secretária municipal de saúde, Shádia Fraxe.

De acordo com a gestora, o Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) da Semsa, alertou para a necessidade de ajustes porque o número de registros chegou ao limite da capacidade das planilhas, dificultando a abertura dos documentos para visualização.

Com a mudança, agora são duas planilhas, sendo uma com a relação de todas as pessoas vacinadas desde o início da campanha até o último dia 11, e a outra, com a relação dos vacinados a partir do dia 12/6. Os documentos estão disponíveis para consulta e podem ser acessados a partir do link https://semsa.manaus.am.gov.br/sala-de-situacao/novo-coronavirus/lista-de-vacinados-covid-19/.

A consulta pública aos documentos atende a decisão judicial, que permitiu, para fins de transparência de todo o processo de vacinação, a divulgação dos dados relativos à aplicação das doses contra a covid-19: nome do vacinado, CPF, data e local de aplicação da vacina, grupo prioritário em que o usuário se encaixa e, no caso dos trabalhadores da saúde, cargo e local onde exercem a função.

“As relações são atualizadas todos os dias, sempre dentro do horário determinado, e representam uma das ferramentas adotadas pelo município para garantir que a campanha, além de transparente, seja, organizada, bem planejada e com atendimento de qualidade aos usuários do SUS, como determina o prefeito Davi Almeida”, observa Shádia Fraxe, ressaltando que a vacina é a maior arma disponível contra a  pandemia de covid-1 e que Manaus continuará com a campanha em ritmo acelerado, aumentando dentro do menor tempo possível o número de pessoas vacinadas.