Prefeitura dá início a curso de maquiagem para mulheres em vulnerabilidade social

As temáticas abordadas no curso são: empreendedorismo, teoria das cores, sistema tegumentar, técnicas de esfumação e contorno, entre outras.

Com uma aula dinâmica, brincadeiras lúdicas e muita animação, teve início nesta segunda-feira, 10/6, o curso de maquiagem para mulheres em situação de vulnerabilidade social. A capacitação é promovida pela Prefeitura de Manaus, e as aulas estão sendo realizadas, na sede da Subsecretaria de Políticas Afirmativas para as Mulheres e de Direitos Humanos, no conjunto Duque de Caxias, bairro Flores, zona Centro-Sul.

O curso tem carga horária de 80 horas e o apoio do Centro Tecnológico do Amazonas (Cetam), com aulas às segundas, quartas e sextas-feiras.

“O intuito do prefeito Arthur Virgílio Neto e da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, é de que mais mulheres tenham autonomia e adquiram independência financeira”, ressaltou a subsecretária de Políticas Afirmativas para as Mulheres e de Direitos Humanos, Socorro Sampaio.

As temáticas abordadas no curso são: empreendedorismo, teoria das cores, sistema tegumentar, técnicas de esfumação e contorno, entre outras. O conteúdo é dividido em teoria e prática.

“Nós esperamos que elas consigam aproveitar muito o curso, pois ele é completo. O objetivo é que possam se profissionalizar, para serem inseridas no mercado de trabalho”, pontuou a instrutora de maquiagem do Cetam, Vitória Lima.

Alexandra Silva, 36, que já realizou outros cursos, como design de sobrancelhas, manicure e depilação, contou que há 4 anos tenta realizar o curso de maquiagem e agora conseguiu a oportunidade.

“Fui atendida na parte jurídica da subsecretaria, e me falaram sobre esse curso de maquiagem, logo, aproveitei a oportunidade, pois agora eu vou ter uma capacitação completa para atender minhas clientes, e ser independente”, declarou.

Ao final do curso, as participantes receberão certificados e kits de maquiagem para atuar como profissionais. A primeira turma deve finalizar o curso em julho.

Assistência à mulher

A subsecretaria também promove campanhas e ações de cidadania, com emissão de documentos básicos e orientações pertinentes aos programas sociais, ampliando a cidadania das mulheres das áreas urbana e rural de Manaus.

Caso haja denúncias de violação dos direitos das mulheres, a população deve recorrer à Central de Atendimento à Mulher, o 180; ou para o Disque-Denúncia, 181; ou ainda para a própria Subsecretaria Municipal de Políticas Afirmativas para Mulheres e de Direitos Humanos pelo 3214-5080 ou 0800 092 6644.