Cultura e Entretenimento

Prefeitura de Manaus prepara ‘Ano Thiago de Mello’ em celebração aos 95 anos do poeta

Foto: Cristóvão Nonato / Concultura

Com a presença da escritora Pollyanna Furtado Lima, mulher do poeta Thiago de Mello, foi definido nesta quinta-feira, 11, no Museu Cidade de Manaus, no centro histórico, os trabalhos para homenagear, neste ano, o poeta maior do Amazonas, que completa 95 anos no dia 30. As ações serão executadas pela Prefeitura de Manaus e a Câmara Municipal de Manaus (CMM).

“Acredito que no momento em que vivemos de dor e tristeza (por conta da pandemia), a poesia de Thiago deve servir de ânimo e esperança”, ressaltou Pollyanna sobre a lembrança da cidade de Manaus, que tão fortemente fez parte da vida e da obra do poeta.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, se reuniu com os demais membros do grupo de organização da homenagem: o titular da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Emerson Quaresma; o presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), Tenório Telles; e o vereador Marcelo Serafim, que será o autor do Projeto de Lei (PL) da homenagem na CMM.

“Estamos acertando aqui um dos atos mais importantes para a cultura de nossa terra, pela importância do homenageado e a sua obra, para a nossa gente e o povo brasileiro”, salientou Alonso.

“Uma homenagem justa e necessária que a gente faz em vida ao maior poeta que o Amazonas já teve, e um dos maiores nomes da poesia no Brasil. Não é o Thiago que tem que se sentir honrado com a homenagem, e, sim, a Câmara que se sente honrada em homenagear Thiago de Mello nesse momento”, afirmou Marcelo, autor da proposta de homenagem na CMM.

Ato oficial

O secretário de Comunicação, Emerson Quaresma, destacou que a obra de Thiago de Mello está presente na vida acadêmica de várias gerações ao longo do tempo, e precisa ter continuidade na formação das novas.

“Nosso grupo de trabalho será formalizado para tornar oficial a homenagem pelo poder municipal, pois para o prefeito David Almeida é uma honra celebrar um dos filhos mais ilustres do Amazonas”, disse Quaresma.

De acordo com o idealizador da homenagem, Tenório Telles, desde a Grécia antiga, os poetas sempre foram celebrados, o que ao longo dos anos ocorreu em outros países, outras cidades, e agora Manaus também vai ter a oportunidade de celebrar em vida um dos seus maiores nomes.

“Um dos homens que mais divulgou, não só no Brasil, mas no mundo, o nome de Manaus e do Amazonas”, ressaltou Telles. Ele explicou que a ideia é realizar eventos, como exposições das obras de Thiago, com a recitação de sua poesia e lançamento de livros, colocando a poesia em destaque.

O poeta

Nascido em Barreirinha, Thiago de Mello conquistou reconhecimento nacional e internacional, tornando-se um dos mais expressivos poetas contemporâneos do país. É autor de livros reconhecidos mundialmente, como “Faz escuro, mas eu canto”, “Silêncio e palavra”, “Manaus, amor e memória”, entre outros. Além de escritor, exerceu o jornalismo e serviu no Itamaraty, como adido cultural no Chile, onde cultivou uma grande amizade com Pablo Neruda e Salvador Allende.

Durante o regime militar e o exílio político de intelectuais, artistas e lideranças políticas, Thiago de Mello acolheu-os na Embaixada do Brasil no Chile, ajudando-os a conseguir trabalho e a regularizar a situação de alguns exilados políticos, entre eles José Serra, Juca de Oliveira, Almino Affonso. Foi ainda um dos discípulos do grande romancista José Lins do Rego, amigo pessoal de Manuel Bandeira e Tom Jobim.

Com informações da assessoria