Prefeitura de Manaus realiza mais uma reunião com sindicato dos professores

Foto: Eliton Santos / Semed

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), deu continuidade a mais uma reunião com sindicalistas da área de Educação, nesta quarta-feira, 17. Desta vez, as demandas da categoria foram tratadas com representantes do Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Asprom Sindical).

No encontro, ocorrido na sede da Semed, no Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, o secretário de Educação, Pauderney Avelino, ouviu as reivindicações da entidade e expôs as ações da secretaria para o ano letivo de 2021, entre elas os programas que estão sendo avaliados e estudados, seguindo as orientações do prefeito David Almeida, para atender a classe.

“Vamos continuar trabalhando, seja com o Sinteam, Asprom, com os conselhos, com todos. Temos um objetivo em comum, transformar e melhorar a educação na nossa cidade. Conforme as diretrizes do prefeito David Almeida, o objetivo da Prefeitura de Manaus é oferecer uma educação de qualidade e dar condições para os profissionais da área desenvolverem um trabalho dentro desta proposta”, enfatizou Pauderney, que avaliou o encontro como produtivo. Segundo ele, o sindicato tem o mesmo pensamento da Semed, de atender as demandas dos educadores da melhor forma possível.

A coordenadora-geral da Asprom Sindical, Helma Sampaio, ressaltou a importância da reunião, principalmente para os educadores que estão na linha de frente do trabalho nas escolas.

“Foi uma conversa bastante proveitosa. Nós tivemos respostas de alguns pontos, como a preocupação com recursos tecnológicos, que sejam financiados, tanto para alunos quanto para os professores. Já demos, também, um pontapé inicial sobre a necessidade da data-base da Semed. O sindicato precisa estabelecer o diálogo, e notamos que o secretário está disposto a ampliar cada vez mais isso com a categoria”, completou.

Creches municipais

Sobre a reivindicação do sindicato em relação aos professores das creches municipais, que estariam sendo realocados para outras unidades de ensino, o diretor do Departamento Geral de Distritos (DEGD) da Semed, Júnior Mar, informou que a secretaria está atendendo a portaria nº 1.661/2018, publicada na edição nº 4.490, do Diário Oficial do Município (DOM), do dia 3 de dezembro de 2018, sobre lotação, remoção e disponibilização de servidores. De acordo com ele, é um momento especial, devido a pandemia da Covid-19.

“Devido a necessidade do momento, nós temos dois professores presenciais, em cada sala de aula. Com a pandemia, estamos em aula on-line, e só vamos ter a necessidade de um professor para acompanhar. Esses professores estão sendo realocados preferencialmente para um Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) próximo de suas casas, isso está sendo tratado com muito zelo, pois essa é a orientação da Semed para os servidores”, explicou.

Ele também informou sobre quais serão os procedimentos quando as atividades presenciais retornarem. “Assim que as aulas presenciais voltarem, esses servidores que saíram da creche e foram para um Cmei ou alguma escola próxima de sua casa, terão prioridade para o retorno para a creche de origem, quando tivermos a necessidade de dois professores nas salas”, completou.

Com informações da assessoria