Cidades

Prefeitura garante atendimento médico aos indígenas venezuelanos

Os casos mais comuns ocorrem com crianças e idosos que, geralmente, têm problemas respiratórios e de pele- foto: divulgação/Semsa
Redação
Postado por Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) montou duas bases de atendimento médico aos indígenas venezuelanos que imigraram para Manaus. Um dos locais é a Cáritas Arquidiocesano, na Joaquim Nabuco, Centro da cidade, o outro é o Núcleo de Saúde da Família (Nasf) Ivone Lima, no bairro Coroado.

Segundo o secretário da Semsa, Marcelo Magaldi, por orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, nesses locais, todas as terças e quintas-feiras, dois médicos, um da Semsa e o outro do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI–Funai), realizam atendimento médico das 13h às 17h, para todos os indígenas que estão em Manaus, com a intenção de garantir saúde para essa população.

A chefe do Núcleo de Saúde de Grupos Especiais, Wanja Dias Leal, destacou que a parceria institucional tem garantido a organização das ações de atendimento aos aproximadamente 500 indígenas que estão em Manaus.

Casos

Os casos mais comuns ocorrem com crianças e idosos que, geralmente, têm problemas respiratórios e de pele. Esses pacientes são diagnosticados pelos médicos e recebem o medicamento adequado para tratamento. Alguns indígenas têm resistência ao uso de medicamentos e são acompanhados por cuidadores do DSEI para garantir que tomem comprimidos e xaropes nos horários indicados e, assim, possam melhorar gradativamente.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários

Deixe um comentário