Cidades

Prefeitura garante celeridade em situações emergenciais de infraestrutura

Cerca de 40 trabalhadores e todo o maquinário da Seminf estão à serviço do grupo que, na última sexta-feira, atuou na avenida João Valério- foto: Márcio James
Redação
Postado por Redação

“Sempre a postos e alerta”. Essa é a diretriz de atuação da equipe de pronta-resposta da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), criada pela Prefeitura de Manaus para reforçar e garantir o atendimento célere dado às situações emergenciais na cidade.

Cerca de 40 trabalhadores e todo o maquinário da secretaria estão à serviço do grupo que, na última sexta-feira, atuou na avenida João Valério, no bairro Nossa Senhora das Graças. A rede de drenagem do bairro rompeu por conta de ligações clandestinas que, segundo constatação da Seminf, tem sido a segunda maior causa de danos à rede, atrás apenas da ação do tempo.

O vice-prefeito e secretário de infraestrutura, Marcos Rotta, que tem acompanhado todas as obras emergenciais da pasta, afirmou que muitas situações externas, inclusive de autoria de particulares, têm interferido nas boas condições das redes de drenagens do município. O inconveniente impacta, ainda, no andamento do cronograma da pasta, que precisa deslocar equipes de outras zonas para realizar os reparos emergenciais.

Agilidade

Para fazer jus à “pronta-resposta”, o grupo não mede esforços e, com muito profissionalismo, capacidade técnica e competência, tem garantido a resolução de problemas em até 48 horas, ressalvados os casos de maior complexidade. O reflexo da atuação célere da equipe já pôde ser visto em diversas ações da secretaria.

A bagagem de experiências é extensa, mas pode-se citar no currículo do time o recente serviço de implantação de 50 metros de rede de drenagem profunda com o recapeamento da rua Airton Sena, no bairro Riacho Doce 2, zona Norte. Na via, um tubo desanelou e antes de causar maior transtorno ao bairro, a Seminf solucionou o ocorrido em cerca de 20 horas.

Outro caso foi a recuperação emergencial em uma tubulação de drenagem profunda em um trecho da avenida Floriano Peixoto, Centro, em que a situação foi resolvida em 12 horas. Na rua Pará, no bairro Nossa Senhora das Graças, mesmo que tenho sido ocasionada pelo rompimento de uma rede de distribuição da Manaus Ambiental, o ocorrido foi solucionado de imediato pela equipe de plantão.

Rotta explicou que, por ser um grupo heterogêneo, o time está apto a atuar em situações que envolvem drenagem, terraplanagem, asfaltamento e todo assunto ligado à infraestrutura. É o caso do serviço de recuperação em um talude que desbarrancou na avenida Brasil, recentemente, devido a uma forte chuva. “O grupo está a postos, é experiente e tem demonstrado agilidade e compromisso com nossa cidade”, disse o vice-prefeito.

Ações preventivas

Somente em 2017, construímos mais de 21 mil metros de drenagem. E, para dar continuidade a esse serviço e minimizar os imprevistos, a Prefeitura de Manaus estuda intervir na avenida Djalma Batista para fazer a substituição da antiga rede de drenagem da via. A rede de drenagem abaixo da pista, é formada por um antigo tubo Armco, com quase 30 anos e, por isso, necessita ser trocada.

Os trabalhos devem acontecer por etapas para impactar da menor forma possível o fluxo no local. Primeiramente, será trocada a rede de drenagem iniciada na avenida Djalma Batista até a rua Rio Javari. Posteriormente, uma nova rede será executada até o igarapé do Mindu, nas proximidades do Parque dos Bilhares.

As obras devem iniciar no final do mês de janeiro, quando será encerrado o planejamento técnico da ação. Os trabalhos serão realizados durante o fim de semana, para evitar maiores transtornos à população.

Paralelamente aos trabalhos, a Seminf prossegue com os serviços básicos oferecidos em todas as zonas da cidade. “Estamos buscando atuar da maneira mais eficiente possível, seja pela equipe de pronta-resposta, seja pelos distritos de obras. O importante é fazermos Manaus avançar”, concluiu o vice-prefeito, Marcos Rotta.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário