Foto: Divulgação/Semulsp

Oitocentos e vinte e quatro toneladas de lixo foram retiradas das vias de Manaus pela Prefeitura Municipal no Carnaval 2018. O trabalho, executado pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), envolve a limpeza de ruas, bairros e do entorno do Sambódromo, onde ocorreu o desfile das Escolas de Samba.

A operação de limpeza da Semulsp contou com mais de 120 funcionários atuando no pré e pós Carnaval. Durante o evento no Sambódromo, a Semulsp disponibilizou dois carros coletores fixos e equipes na manutenção do local.

Para o secretário municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias, o balanço da operação de limpeza é positivo, principalmente, no que se refere ao cumprimento da Lei 1.944, sancionada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, em dezembro de 2014, que obriga os organizadores de eventos a limparem as ruas utilizadas para a realização de festas. “A grande maioria das bandas cumpriu a determinação e limpou as ruas após os eventos. Nossa fiscalização acompanhou os blocos e a limpeza da cidade recebeu importante apoio de cada banda carnavalesca. É um exemplo que a cidade de Manaus dá ao resto do Brasil. No mais, a cidade encerrou o período carnavalesco limpa”, avaliou.

Nos próximos dias, até início de março, mais blocos e bandas de Carnaval ainda devem acontecer. “As equipes da Semulsp continuarão nas ruas, atuando, tanto na fiscalização das festas, quanto na limpeza da cidade”, disse o secretário.

As festas que não cumpriram a Lei já começaram a ser chamados à sede da Semulsp para esclarecimentos ou multa. As bandas de Carnaval que reincidirem receberão multa de 70 UFMs (Unidade Fiscal do Município).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here