Presidente Bolsonaro anuncia ajuda humanitária ao Líbano

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro participou, neste domingo (9), de uma videoconferência com chefes de Estado e de Governo para tratar de ações de apoio ao Líbano.

Na última terça-feira (4), uma grande explosão em Beirute, capital do país, deixou um saldo de mais de 100 mortos e milhares de feridos e desabrigados.

Ao anunciar as ações do governo brasileiro de apoio ao Líbano, Bolsonaro disse que convidou o ex-presidente Michel Temer para coordenar a missão.

O presidente disse ainda que está combinando com o governo libanês o envio de uma equipe técnica para colaborar com a perícia da explosão.

Bolsonaro lembrou que o Brasil tem 10 milhões de habitantes que são descendentes de libaneses e, por isso, há uma forte ligação entre os dois países.

Em nota, a assessoria do ex-presidente Michel Temer disse que ele está honrado com o convite para chefiar a missão humanitária do Brasil no Líbano e quando o ato for publicado no Diário oficial irá tomar as medidas para viabilizar a tarefa.

A videoconferência em apoio ao Líbano foi uma iniciativa do presidente da França, Emmanuel Macron, e contou com a participação do presidente dos Estados Unidos, do próprio Líbano, além de chefes de governo de outras nações, como Egito, Catar e Jordânia.

As informações são do EBC