Presidente da Assembleia de Deus da ‘tapinha na bunda’ de amante e vídeo vaza

Foto: Divulgação/Fuxico Gospel

A Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Mato Grosso do Sul (COMADEMS), convocou no último final semana o pastor Antônio Dionízio, presidente da Assembleia de Deus, para explicar o vídeo em que supostamente ele aparece fazendo carícias e apalpando as nádegas de uma mulher.

Segundo informações do site Fuxico Gospel, o pastor já havia sido acusado de cometer adultério recentemente, e por essa razão a esposa teria pedido o divórcio.

À COMADEMS, Dionízio alegou que a mulher que aparece no vídeo seria sua namorada, e aproveitou para anunciar que irá se casar com ela.

Ainda de acordo com o site Fuxico Gospel, o vídeo caiu como uma bomba no ministério, que já vinha dividido entre o próprio Dionízio e um dos seus filhos. Mesmo com o anúncio do casamento com aquela que supostamente seria sua amante, a Assembleia de Deus no Mato Grosso do Sul dificilmente irá tolerar que o pastor Antônio Dionízio continue ocupando alto cargo, com salário milionário.