Presidente Figueiredo inicia distribuição de 2 mil kits do programa ‘Merenda em Casa’

Foto: Lincoln Ferreira

O município de Presidente Figueiredo, a 117 quilômetros de Manaus, começou a distribuir os kits do programa “Merenda em Casa” nas três escolas estaduais da cidade, nesta terça-feira (16). No total, 2,2 mil alunos serão beneficiados com os itens da merenda escolar, que devem ser entregues até a quinta-feira (18), conforme o cronograma elaborado pelas unidades escolares.

Moradora da zona rural do município, Elza Pereira foi uma das mães que foi até a Escola Estadual Presidente Figueiredo buscar o kit de sua filha. “Sem dúvida, o kit é um ótimo auxílio, pois muitas famílias necessitam ter acesso a estes alimentos. (…) Nós moramos em uma área em que a locomoção é bem complicada, por isso busquei me organizar para vir receber o kit”, conta.

Já Eliane Malvanchian foi até a Escola Estadual Maria Calderaro para retirar o benefício de sua filha. Ela falou sobre a organização e os procedimentos seguidos para a retirada da cesta. “O que vemos é que as coisas aqui estão bem organizadas, tanto com o procedimento de retirada do kit quanto com as normas de higiene, que seguem todos os protocolos e impedem que ocorra aglomeração”, disse.

A coordenadora regional de Educação de Presidente Figueiredo, Cintiane Santos, explica que a entrega do benefício do Governo do Amazonas foi anunciada nas redes sociais e grupos de WhatsApp, sendo, dessa forma, pré-agendada com os responsáveis para evitar a proliferação do novo coronavírus.

“Depois que foi anunciada a entrega dos kits, os pais passaram a nos procurar bastante, com o intuito de saber sobre a distribuição. Logo que os kits chegaram ao município, já passamos a planejar como aconteceriam os procedimentos de retirada e, ainda, a organização das escolas para receber os pais”, relata.

A coordenadora afirma que, em todas as escolas, os funcionários fazem o uso dos equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscara e protetor facial. “Além de estarem mantendo as orientações de distanciamento, os funcionários seguem distribuindo álcool em gel a todos que entram nas unidades”, completa.

‘Aula em Casa’ – No Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Maria Eva dos Santos, paralelo a entrega dos kits do “Merenda em Casa”, a equipe pedagógica da unidade escolar preparou um material com conteúdos e atividades para os alunos que não possuem acesso à Internet e, por isso, não conseguem acompanhar as atividades do programa “Aula em Casa”.

“Nós elaboramos um plano de estudo dirigido com os livros para o público que passa por dificuldades com o acesso à Internet. Com isso, os pais e responsáveis, além do kit do ‘Merenda em Casa’, levam para casa as atividades elaboradas por nós para estes estudantes”, finalizou a pedagoga Daniela do Nascimento.

Com informações da assessoria