Preso em Tefé homem que estuprou e engravidou as duas enteadas

5
Na época, as vítimas tinham, respectivamente, 12 e 13 anos- foto: divulgação

Na terça-feira (9), a Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Tefé, sob o comando da delegada Wagna Costa, titular da unidade policial, em conjunto com policiais militares, cumpriram mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável em nome de um homem de 48 anos, denunciado por abusar sexualmente e engravidar as próprias enteadas, em 2015 e 2017. Na época, as vítimas tinham, respectivamente, 12 e 13 anos.

De acordo com a delegada Wagna Costa, os policiais iniciaram as diligências após receberem informações de que o infrator estaria residindo na Comunidade Bela Vista do Sapiá, em Tefé. No entanto, o mesmo foi preso em uma lancha no meio do rio, no momento em que tentava empreender fuga para Tefé.

“Passamos a investigar o caso após recebermos denúncia de servidores do Conselho Tutelar. O primeiro caso ocorreu em 2015, quando uma das adolescentes tinha apenas 12 anos. O outro ocorreu em 2017, com a irmã da vítima, que na época tinha 13 anos. Ouvimos essas vítimas e elas afirmaram que tiveram os filhos delas após serem estupradas pelo indivíduo. A mãe das adolescentes não tinha conhecimento dos abusos”, explicou Costa.

Conforme a autoridade policial, em depoimento na delegacia, o infrator confirmou os abusos sexuais e assumiu a paternidade de um dos filhos. O mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável em nome dele foi expedido pelo juiz Rômulo Garcia Barros Filho, da 2ª Vara da Comarca de Tefé.

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, ele será levado para a Unidade Prisional de Tefé (UPE), onde irá ficar à disposição da Justiça.