Primeira sereia do Brasil critica Gloria Perez: ‘Não fui reconhecida’

A primeira sereia profissional brasileira Mirella Ferraz, que serviu de inspiração para Gloria Perez criar a personagem Ritinha, de Isis Valverde, em “A Força do Querer”, declarou ao UOL que está decepcionada com a novela.

Mirella conheceu a autora em abril de 2015 e trocou mensagens com ela nos últimos dois anos sobre o “sereísmo”.

“Foi uma grande desilusão. Achei que a autora não teve respeito pela nossa história, não levou minha história a sério. Fiquei chateada, com um sentimento de traição, de injustiça. Esperava muito mais, trabalhei muito nesta novela. Às vezes, até doente e no final fiquei bastante chateada com o que aconteceu. Fui pro Rio, passei meses ajudando a Isis a mergulhar, como ser uma sereia, como pensar como sereia. E no final não vi esse trabalho ser reconhecido por elas”, disse Mirella ao UOL.

Mirella disse que as tramas de Bibi (Juliana Paes), Jeiza (Paolla Oliveira) e Ivan (Carol Duarte) se destacaram mais do que a de Ritinha. “A festa de lançamento da novela foi só do tema sereia. Ela seria a personagem principal. Só que ficou tão sem conteúdo que ela nadou, nadou e morreu na praia. Ela acabou virando uma coadjuvante”, afirmou.

Fonte: Noticias ao minuto