Política

Processo contra Eduardo Bolsonaro é arquivado pelo Conselho de Ética da Câmara

Foto: Agência Brasil

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados arquivou, nesta quinta-feira (8), por 12 votos a 5, duas representações contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) por quebra de decoro parlamentar por defender “um novo AI-5”. Oposição avisou que vai recorrer da decisão.

O deputado, filho 03 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), defendeu, durante entrevista à jornalista Leda Nagle no Youtube, em outubro de 2019, a adoção de um novo Ato Institucional n° 5 (AI-5) como resposta, caso a esquerda radicalizasse.

O deputado Igor Timo (Podemos-MG) apresentou relatório pelo arquivamento do caso, sob o argumento de que não há justa causa para a continuidade do processo.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta. 

Deixe um comentário