Cidades

Programa “Crédito Solidário” atende as famílias dos bairros Jappim 1 e Raiz

Com o “Crédito Solidário”, é possível obter financiamentos de, no mínimo, R$ 200, e no máximo R$ 2 mil, sem juros- foto: divulgação/Assessoria
Redação
Postado por Redação

A ação de atendimento do Programa “Crédito Solidário” do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) vai atender nos próximos dias 7 e 9 de março aos moradores dos bairros do Jappim I e da Raiz, Zona Sul de Manaus. O programa de financiamento para pequenas atividades econômicas é destinado às pessoas desempregadas e sem renda fixa. Com o “Crédito Solidário”, é possível obter financiamentos de, no mínimo, R$ 200, e no máximo R$ 2 mil, sem juros.

Os atendimentos vão acontecer no Centro Estadual de Convivência 31 de Março, bairro Jappim I, no dia 7 de março, e no Centro Estadual de Convivência André Araújo, bairro da Raiz, no dia 9 de março. Os horários serão das 8h às 17h, nos dois locais. Para a presidente de honra do FPS, Mônica Mendes, a parceria garante novas possibilidades de crescimento para as famílias.

“Toda e qualquer forma de oportunidade para trazer crescimento e geração de renda é importante para a nossa população melhorar a qualidade de vida. E queremos fazer um trabalho com muita eficiência no Crédito Solidário para que as famílias possam crescer”.

Documentação

Para receber atendimento são necessários os seguintes documentos: Cópia e Original do CPF (se casado ou união estável, apresentar o documento do cônjuge/companheiro); do RG (se casado ou união estável, apresentar o documento do cônjuge/companheiro); Comprovante de residência com CEP atualizado no nome do solicitante; comprovante de localização do ponto comercial com CEP (se houver); Apresentar dois orçamentos atualizados com data da emissão e validade (mínimo de 30 dias) com timbre e assinatura do responsável pela empresa e/ou serviços de diferentes lojas (somente para máquinas, equipamentos, móveis e utensílios) para financiamento misto e fixo; Certificado de curso profissionalizante (se houver); documento de localização do ponto (se houver) e apresentar declaração de residência no nome de terceiro c/ cópia do RG e CPF e CEP atualizado.

Investimento

O FPS atua como órgão gestor do programa em parceria com Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) com recursos oriundos do Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e ao Desenvolvimento Social do Estado do Amazonas (FMPES). A Afeam renovou o contrato para 2018 com programa em de R$ 3 milhões.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário