Programa de Aquisição de Alimentos beneficia 14 instituições socioassistenciais

Foto: Reyzon Almeida

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), iniciativa do Governo Federal, executado no Amazonas pela Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), entregou nesta quinta-feira (22) 21.560 quilos de frutas. Na última terça-feira (20) já haviam sido entregues 30.450 quilos, totalizando 52.010 quilos de alimentos para 14 instituições socioassistenciais de Manaus.

Ao todo, 17 agricultores da Região Metropolitana de Manaus que fazem parte do programa entregaram seus produtos para as instituições cadastradas. Entre os itens incluídos nas remessas estavam macaxeira, banana pacovã, mamão e melancia, adquiridos com investimento no valor de R$ 104.000,00, recurso oriundo do Governo Federal.

O coordenador estadual do PAA, Tanis Castro, falou sobre a importância do programa para o agricultor rural e também para as entidades atendidas pelo programa.

“Nós vamos direto ao produtor rural, evitamos atravessador e pagamos um preço justo ao homem do campo, ajudando a fomentar a vida do agricultor dentro do próprio estado. O programa atende a 55 municípios dentro do Amazonas, onde atendemos 122.000 pessoas, inseridas dentro de 117 entidades socioassistenciais do estado”, completou Tanis.

Presidente da Associação das Donas de Casa do Morro da Liberdade, uma das entidades beneficiadas nesta quinta-feira, Lúcia Silva se mostrou satisfeita com o PAA e com o Governo do Estado, pois segundo ela o programa atende à população em vulnerabilidade social.

“É de suma importância esses alimentos chegarem para entidades como a nossa, pois trabalhamos com idosos, crianças, e são alimentos ricos em nutrientes, de boa qualidade e procedência. É uma fonte a mais para nós ajudarmos os mais necessitados, principalmente com a pandemia onde tudo ficou mais difícil para todos”, afirmou.

Programa

O PAA é um programa que visa ajudar o produtor rural a comercializar seu produto e, ao mesmo tempo, auxiliar entidades beneficentes, por meio dos alimentos doados, na manutenção de suas ações assistenciais à crianças, jovens e idosos nas mais diversas condições de necessidade. A compra dos alimentos é realizada diretamente com o produtor, sem intermediários.

As informações são da assessoria