Projovem reabre inscrições e oferece 200 vagas no Amazonas

Os interessados em concluir o ensino Fundamental e obter um certificado profissionalizante para se inserir no mercado de trabalho podem se inscrever até o dia 13 de julho de 2018- foto: Google Imagens

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), reabre as inscrições para o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem) nas modalidades Urbano e Campo, que proporcionam formação integral aos jovens, com idades entre 18 e 29 anos, que saibam ler e escrever e não tenham concluído o Ensino Fundamental. São 200 vagas em cada um dos municípios do Amazonas que atendem o programa. A ação é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC).

Os interessados em concluir o ensino Fundamental e obter um certificado profissionalizante para se inserir no mercado de trabalho podem se inscrever até o dia 13 de julho de 2018.

Projovem Urbano

O Programa Projovem Urbano é voltado para atender pessoas que moram nas cidades de quatro municípios do Amazonas: Itacoatiara, Iranduba, Autazes e Manacapuru. São oferecidas 200 vagas para cada município, reunindo um total de cinco turmas.

Locais de matrícula

Os locais para realização de matrículas do Projovem Urbano são as coordenadorias regionais de educação da SEDUC de cada município e, ainda, poderão ser feitas em algumas escolas especificas, a seguir:

• Autazes: Escola Estadual Pedro Santarém Penalber

• Itacoatiara: Escola Estadual Deputado Vital de Mendonça

• Iranduba: Centro Educacional de Tempo Integral Maria Izabel Ferreira Xavier Desterro e Silva

• Manacapuru: Escola Estadual Carlos Pinho

Projovem Campo

O Programa do Projovem Campo se destina a desenvolver uma política que fortaleça e amplie o acesso e a permanência de jovens agricultores, na faixa etária de 18 a 29 anos, no sistema formal de ensino. Tendo em vista a conclusão do Ensino Fundamental com qualificação social e profissional e potencializar o desenvolvimento sustentável e solidário de seus núcleos familiares e suas comunidades por meio de atividades curriculares e pedagógicas.

As aulas serão ministradas tanto na cidade como nas comunidades dos municípios aos finais de semana, na noite de sexta, no sábado e domingo, para não atrapalhar no trabalho semanal dos ribeirinhos.

Local de matrícula

Os locais de matrículas, no caso do Projovem Campo, são as coordenadorias regionais de educação da Seduc dos municípios de Itacoatiara, Autazes, Guajará, Manicoré, Humaitá, Silves, Borba e Novo Aripuanã.

Documentos para realizar matrículas para o Projovem Urbano e Campo:

Para realizar a matrícula, deve-se apresentar:

Carteira de identidade e CPF;

Certidão de nascimento (de filhos menores de 08 anos de idade);

Comprovante de residência;

Histórico escolar (caso não tenha, será aplicado um teste de proficiência para verificar se o aluno sabe ler e escrever).

• Não estar matriculado em curso regular.

O Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem Urbano e Campo integra a política educacional, no âmbito da modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA), em articulação com as políticas de juventude, administradas na secretaria pelo Departamento de Políticas e Programas Educacionais (Deppe) da Seduc.

Com informações da assessoria