Política

Promotores de rachadinha de Flávio Bolsonaro consideram caso perdido após decisão do STJ

Os promotores responsáveis por investigar o esquema de rachadinha do senador Flávio Bolsonaro consideram que a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) torna o caso perdido. As informações são da Folha de S. Paulo.

Os investigadores consideram que houve uma influência política e que não há mais chance de reversão do caso.

No entanto, especialistas consideram que o Ministério Público do Rio e a Procuradoria-Geral da República podem apresentar recurso, com a alegação de que a maioria do STJ considera que o juiz Flávio Itabaiana não foi responsável por embasar a quebra do sigilo bancário e fiscal do senador.