(Foto: Thaigo Corrêa)

Cerca de 80 moradores dos residenciais construídos pelo Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), localizados nos bairros do São Raimundo e na Cachoeirinha, concluíram na manhã da sexta-feira (1º), os cursos de informática básica e avançada, e de atendente de farmácia.

Os cursos oferecidos aos moradores do Prosamim são ministrados pelo Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), que mantém uma parceria com a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) na capacitação dos moradores do programa.

Os cursos de informática básica e avançada foram ministrados para 57 moradores do residencial São Raimundo, e o curso de atendente de farmácia foi ministrado para 23 moradores do residencial Mestre Chico II.

O professor do Cetam, Fernando do Nascimento, que ministras as aulas do curso de informática básica e avançada, afirma que os 57 moradores do Prosamim São Raimundo que concluíram os cursos, aprenderam desde os fundamentos básicos sobre as partes que compõem um computador, assim como também aprenderam noções simples de uso e funcionalidades dos programas do pacote office.

O professor afirmou também que na informática avançada, os alunos já saíram aptos a trabalharem conceitos mais avançados dos programas contidos no pacote Office, como planilhas automatizadas no Excel e comandos avançados do Word.

O jovem estudante de 15 anos, Paulo Vitor, concluiu os cursos de informática básica e avançada no residencial Prosamim São Raimundo e afirmou que pretende continuar se capacitando através dos cursos oferecidos para os moradores. “Eu pretendo continuar me capacitando e aprendendo sempre, pois sonho com o meu primeiro emprego. E estando capacitado as minhas chances aumentam”.

O curso de atendente de farmácia foi ministrado para 25 alunos no residencial Mestre Chico II e os capacitou para atuarem no atendimento em drogarias e farmácias, aprendendo as rotinas e procedimento na venda de remédios e controle de receitas, assim como também noções básicas sobre a classificação dos medicamentos e farmacológicas.

O morador do Prosamim Mestre Chico II e autônomo, Marcelo de Souza Lima, 39 anos, afirma que só tem elogios para fazer em relação aos cursos ministrados, desde a coordenação do Escritório Local (ELO) do residencial que divulgou os cursos aos moradores, até o instrutor do Cetam que repassou todo conhecimento acerca das atividades realizadas por um atendente de farmácia.

O morador também afirmou que o fato de estar frequentando as aulas e os cursos oferecidos no residencial acabam incentivando outras pessoas a se capacitarem também. “O meu objetivo é aproveitar todas oportunidades em agregar conhecimento e me capacitar, pois tenho feito vários cursos oferecidos pelo Prosamim, e atualmente estou fazendo o de auxiliar administrativo e o de agente de portaria” afirmou o morador.

A assistente social do Mestre Chico II, Karen Evelin, afirma que a turma que concluiu o curso de atendente de farmácia era composta na maioria por mulheres, que são mães e donas de casa que encontraram uma oportunidade de ganhar conhecimento próximo de suas casas e sem os custos da locomoção e mensalidades.

(*) Com informações da assessoria