Polícia

‘Provavelmente disputa por tráfico’, diz delegado sobre mulher encontrada morta

foto: Alailson Santos/PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), deflagrou nesta sexta-feira (12) uma operação policial que culminou nas prisões de Alexsander da Silva de Souza e Keila Silva de Mesquita, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo homicídio de Joyce Nascimento Ferreira de Souza, que tinha 24 anos.

O crime ocorreu no dia 2 de fevereiro deste ano, por disparo de arma de fogo. O corpo da vítima foi encontrado com as mãos amarradas e enrolado em um lençol em uma área de mata do bairro Mauazinho, zona leste de Manaus.

A ação foi coordenada pelos delegados Charles Araújo e Marília Campello, respectivamente, titular e adjunto da Especializada. De acordo com Araújo, logo após as equipes tomarem conhecimento do delito, iniciaram as diligências e conseguiram identificar Alexsander e Keila, como envolvidos no crime.

“As investigações apontaram que o casal morava na mesma vila em que a vítima residia, naquele bairro. Provavelmente, a morte de Joyce foi motivada pela disputa por ponto de tráfico de drogas naquela área da cidade. Vamos dar andamento às diligências para descobrirmos se há outras pessoas envolvidas nesse crime”, explicou o delegado.

Procedimentos

Alexsander e Keila irão responder por homicídio qualificado. Ao término dos trâmites cabíveis na DEHS, eles serão levados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde irão permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria