Queimadas urbanas: a poluição que você pode evitar!

20
Queimadas urbanas: a poluição que você pode evitar!

Se você pudesse escolher, gostaria de respirar fumaça? Talvez o “não” seja uma resposta óbvia. Além disso, o que não é óbvio, porém, é que podemos optar que tipo de ar queremos respirar. E isso faz parte das escolhas que fazemos no dia a dia: se vamos queimar nosso lixo ou se vamos organizá-lo para ser recolhido; se vamos atear fogo ou enterrar as folhas varridas do quintal. É uma decisão. E a sua, faz toda a diferença!

Boletins do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe) mostram  que Manaus é uma das cidades que mais sofre com os efeitos da fumaça gerada pelas queimadas registradas no interior do Amazonas, sobretudo no Sul do Estado, além dos estados vizinhos. Isso acontece por conta da localização geográfica da cidade que recebe freqüentes deslocamentos de massa de ar.

Pode parecer algo distante, mas somente este ano, o número de focos de queimada no Brasil aumentou em 82%, entre os meses de janeiro e agosto deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, segundo o Inpe, com mais de 70 mil focos de incêndio. Essa é a maior alta e o maior número de registros dos últimos sete anos. Os estados campeões são: Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, na Região Norte. E tudo respinga aqui.

Manaus pode servir de exemplo se evitar contribuir com a poluição do ar. Embora a prática de queimadas venha de longa data, uma vez que historicamente o homem tenha usado como forma de limpeza do meio ambiente, hoje sabemos que há outras questões em jogo, como a preservação do Meio Ambiente e, claro, a saúde das pessoas. Com certeza há alguém em sua família ou roda de conhecidos e amigos que sofre de problemas respiratórios nesta época do ano.  

Asma, bronquite, sinusite e rinite, nariz entupido, rouquidão, tosse alérgica, conjuntivites, irritação nos olhos e garganta, alergia e vermelhidão na pele, além de doenças cardiovasculares, estão entre os problemas mais frequentes em decorrência da fumaça, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa).

Evitar a queima de lixo doméstico é a grande contribuição que todos podemos dar. Se você acumular lixo próximo de sua casa, ele poderá retornar para você e sua família, na forma de fumaça tóxica. Não queime nada!

Em Manaus, esta é a maior causa de denúncias. Em 2016, foram 425 denúncias de poluição do ar. Em 2017, 302. Em 2018, de janeiro a dezembro, foram registradas 408 denúncias. Este ano, de janeiro a julho, temos no total 2017 denúncias.

Não jogue lixo, papel, madeiras, sofás, móveis, galhos, folhas, capim em terrenos, ruas, calçadas ou áreas baldias. Faça picadinho, acondicione em sacos, para o lixeiro levar. Em caso de grandes objetos, acione o serviço da Prefeitura de Manaus para recolhimento, através do WhatsApp pelos números 98415-9563 e 98459-5618.

Não permita que coloquem fogo nas proximidades de sua casa, de sua família. Por isso, caso você veja ou saiba de algum foco de queimada, contamos com sua contribuição! Denuncie! Esta prática é crime!

A Prefeitura de Manaus atua com regularidade nas ações de combate às queimadas urbanas, com enfoque na realização de sensibilizações em logradouros públicos, aliando o trabalho às demais atividades da secretaria e demais órgãos municipais. A intenção é mobilizar as pessoas para que se evite a prática.

Queimada urbana é crime, previsto no Código Ambiental do Município, Lei 605/2001. Denúncias na área urbana do município de Manaus podem ser feitas pelo 0800-092-2000, de segunda à sexta, em horário comercial.

ESPECIAL PUBLICITÁRIO
Por: Secretaria Municipal de Comunicação
conteúdo de responsabilidade do anunciante