Amazonas

Reação do tráfico contra apreensões no Amazonas, diz Wilson Lima sobre ataques

foto: reprodução

O governador Wilson Lima fez um pronunciamento no início da noite deste domingo (6) sobre a onda de vandalismo que tomou conta de Manaus e atribuiu os ataques ao trabalho que está sendo feito pelo Governo do Amazonas em repressão ao crime organizado.

“Isso [ataques] é uma reação do tráfico de drogas, a todas as ações de enfrentamento que nós estamos fazendo a essa atividades criminosas. O Amazonas ano passado fez uma apreensão recorde de drogas, 19 toneladas e este ano, de janeiro a maio, já foram apreendidas 11 toneladas”, explicou Wilson Lima.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou mais cedo que os ataques foram em retaliação pela morte do traficante “Dadinho”, membro do Comando Vermelho, braço da facção criminosa que nasceu no Rio de Janeiro.

O secretário da SSP-AM, Louismar Bonates, negou que a Ponte Rio Negro, tenha sido interditada por criminosos, e que um carro tenha sido incendiado, impedindo a passagem de veículos, e pediu que a população não espalhe fakenews. “Não compartilhem mensagem da qual vocês não podem afirmar [que seja verdade].

A delegada geral de Polícia Civil do Amazonas (Pc-AM), informou que até aquele presente momento, 14 envolvidos já haviam sido presos, sendo 13 deles ligados diretamente ao vandalismo, incluindo um dos mandantes, que se preparavam para cometer novos ilícitos.

Veja a coletiva completa: