Rede Feminina de Combate ao Câncer abre inscrições para evento virtual ‘Informar para Salvar’

Foto: Divulgação

Com o título ‘Informar para salvar’, o primeiro evento de capacitação da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas, que acontecerá de forma totalmente gratuita e online, está com inscrições abertas. O cadastro pode ser feito até o dia 16 de outubro, pelo link https://www.sympla.com.br/informar-para-salvar__953685 , informa a presidente da ONG, Tammy Cavalcante. A atividade ocorre nos dias 20 e 21 do próximo mês, com o apoio da Roche do Brasil.

Além de workshops, a programação incluirá palestras e painéis temáticos. Tammy explica que a ideia é alcançar o maior número de participantes possível em todo o Brasil. “Nosso público alvo é composto por pacientes oncológicos, familiares, voluntários, estudantes de fisioterapia, estética, enfermagem, serviço social e demais áreas da saúde, além de parte da sociedade que demonstre interesse em compreender mais sobre o impacto da solidariedade e do voluntariado na atenção a quem luta contra o câncer”, frisou.

Entre as palestras confirmadas, estão: ‘Fatores de risco do câncer de mama’, ‘ Voluntariado: um ato de cura’, ‘ Os benefícios da estética paliativa para mulheres em tratamento oncológico’, e ‘ O novo voluntariado: boas práticas ao paciente oncológicos’.

Fundada em 1978, a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas tem seu trabalho voltado, hoje, ao público da FCecon (Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas), localizada em Manaus (AM), e representa importante impacto social e psicológico durante o enfrentamento à doença.

A programação anual inclui ações voltadas ao acolhimento e reforço à humanização na unidade hospitalar pública, considerada referência em cancerologia na região. São centenas de mulheres beneficiadas com atividades educativas, doações e serviços de resgate à autoestima, que fazem toda a diferença no dia-a-dia.

O projeto de capacitação da Rede Feminina foi inscrito, em fevereiro deste ano, através do edital Chamada ROCHE 2020, que visava fomentar esse tipo de iniciativa. Atualmente, o Amazonas tem alta incidência de vários tipos de câncer, entre eles, o de mama e o de colo uterino, o que acende o alerta para a importância de levar informações de qualidade à sociedade sobre prevenção e diagnóstico precoce, os quais podem salvar vidas.

Mulheres de todo o país poderão participar do treinamento da Rede Feminina Amazonas, que será ministrado por profissionais de várias áreas da saúde, como médicos, psicólogos, enfermeiros e especialistas em cuidados paliativos.

Um resumo sobre a atividade e sua programação completa estão disponíveis no site da RFCC-AM (www.redefemininaamazonas.com.br) e no perfil da ONG na rede social Instagram (@redefemininaamazonas) . Todas as participantes terão direito a certificado de participação.

Com informações da assessoria