SBT corta salários de funcionários, mas diz que governo pagará diferença

Foto: Divulgação/SBT
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Na noite dessa terça-feira (19), os funcionários do SBT foram surpreendidos com uma carta enviada por e-mail pelo departamento de Recursos Humanos da emissora. No comunicado, a equipe soube que os salários dos colaboradores sofrerão cortes por conta da crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo informações publicadas por Leo Dias, colunista do UOL, o e-mail chegou à caixa de entrada dos funcionários às 20h59, e no assunto, uma frase sugestiva: “Mensagem do VP [vice-presidente]”. No comunicado, assinado por José Roberto Maciel, os funcionários foram informados sobre “importante decisão que afeta São Paulo e nossas regionais”.

O texto diz que a pandemia do novo coronavírus trouxe uma “consequência dura”, que é a “crise econômica que afeta diretamente as empresas” e que o Grupo Silvio Santos precisa “visar a sustentabilidade de suas empresas”. A carta confirma que boa parte dos colaboradores da emissora terão jornadas e rendimentos cortados em 25% a partir de 1º de junho. A medida terá duração inicial de dois meses, podendo ser prorrogada por mais 30 dias. O executivo revelou ainda que alguns colaboradores terão a renda paga parcialmente pelo governo federal.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.