Seas promove oficinas de produção de receitas nutritivas e de baixo custo

Foto: Kerolyn Leigue/Seas

Oficinas de receitas culinárias para promoção de alimentação saudável e com possibilidade de geração de renda marcam a semana comemorativa ao Dia Mundial da Alimentação, celebrado em 16 de outubro. A ação é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), por meio do Departamento de Proteção Social Básica (DPSB).

As oficinas estão sendo realizadas em Centros de Convivência da Família e nos restaurantes populares coordenados pela secretaria. Com esta iniciativa, a Gerência de Segurança Alimentar (Gadsan) tem como objetivo mostrar soluções nutritivas e de baixo custo e que podem complementar o orçamento familiar.

A programação iniciou na terça-feira (13) e se estende até sexta-feira (16). O programa alcança os sete centros de convivência e abre uma oportunidade para que os participantes tenham uma renda extra ao adquirirem novos conhecimentos.

A gerente da Gadsan, Kaliny Alves, explica que o Dia Mundial da Alimentação é preconizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com a proposta de sinalizar a importância da erradicação da fome no mundo. Uma proposta que se concretiza a partir de estratégias de sustentabilidade, estreitamento de laços familiares e oferta de alimentação saudável para a mesa de todos.

“Essa iniciativa é muito importante para todos os envolvidos, é prazeroso poder levar a essas pessoas receitas de alimentos saudáveis e ainda otimizar a renda domiciliar”, relata.

Pão de farinha de arroz – Em uma das oficinas ofertadas no Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, no bairro da Cidade Nova, zona norte de Manaus, foi ensinado aos cinco participantes uma receita de pão com farinha de arroz. Este quantitativo de pessoas foi definido para evitar aglomerações e garantir a segurança na manipulação dos alimentos.

A dona de casa Maria Moreira, 40 anos, uma das participantes, conta a experiência vivida na oficina e a praticidade que a receita trouxe para ela e sua família. “Poder participar de uma oficina com orientações de uma nutricionista é uma maravilha, é um aprendizado e a partir daqui, vou conhecer novos ingredientes práticos, baratos e poder dividir esse novo conhecimento com a minha família”, comemorou.

A programação prossegue hoje (14/10) com a proposta de utilizar sempre ingredientes práticos, baratos e de fácil acesso. Kaliny Alves explica que a ideia é levar receitas novas, simples e rápidas para que os participantes tenham a oportunidade de fazer logo que chegam em suas casas, pois as receitas são para o alcance de todos os públicos.

Confira a programação das Oficinas de Alimentação Saudável:

· Quarta-feira-(14)

· 09h – CECF 31 de Março- Japiim

· 15h – CECF André Araújo- Raiz

· Quinta-feira (15)

· 09h – CECF Magdalena Arce Daou- Aparecida

· 15h – CECI

· Sexta-feira (16)

· 09h – CECF Miranda Leão- Alvorada

As informações são da assessoria