Esportes

Sejel busca parceria com a CBF e clubes cariocas em prol do esporte amazonense

Foto: Alessandra Reis
Redação...
Postado por Redação...

Com o objetivo de estreitar os laços com o futebol de uma maneira geral, a secretária de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Janaina Chagas, representando o Governo do Amazonas, realizou uma visita à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em viagem realizada à cidade do Rio de Janeiro, na última semana. Na ocasião, houve uma conversa entre alguns dirigentes da confederação e de alguns clubes cariocas, de modo a viabilizar melhorias e oportunidades referentes à modalidade no Amazonas.

De acordo com Janaina Chagas, o primeiro contato foi extremamente positivo em todas as reuniões realizadas. “Nossa meta é trazer amistosos da Seleção Brasileira para a Arena da Amazônia e também reunir clubes para que possam fazer ‘peneiras’, de modo a reconhecer talentos e permitir que eles possam atuar em clubes de série A desde a base, por exemplo”, destacou.

Um dos projetos que já está cotado para ser inserido no Amazonas é o Zico 10. Trata-se de clínica de futebol que possui, além de uma escolinha, um pequeno campeonato com a presença de renomados ex-jogadores da modalidade, assim como do próprio Zico, que é o idealizador do projeto e ícone do futebol nacional.

Conforme Janaina Chagas, além da possibilidade de vinda de jogos do Campeonato Carioca, foi conversado ainda com a confederação sobre a liberação do mando de campo de jogos do Brasileirão. “A CBF entende que há possibilidade de liberação, sim, entretanto, a responsabilidade total sobre esse assunto não é somente da entidade. Na próxima segunda-feira (5/2) haverá uma reunião do conselho técnico, em que todos os clubes participam, e então será definida essa liberação”, disse.

Inclusão – Mais do que promover o futebol e o lazer da população amazonense, a representante da Sejel afirma que esse estreitamento com os times de fora será uma forma de fazer com que as pessoas tenham acesso a partidas de clubes grandes de vários estados do Brasil, como Flamengo, Fluminense, Botafogo, Corinthians, entre outros, e tenham interessa na prática esportiva como um todo. Inclusive, com os jogos na Arena da Amazônia, poderão ser angariados fundos para que haja diminuição de custos no local e esses valores possam ser revertidos para a inclusão do esporte dentro do Amazonas.

“Infelizmente não pude falar com todos os representantes de clubes, porém, pretendo voltar ao Rio de Janeiro para continuar essa relação direta com as equipes e poder trazer um bom retorno para o Amazonas, no que tange ao futebol. Além disso, queremos que a Arena da Amazônia receba cada vez mais jogos, uma vez que ela é um de nossos cartões postais e foi construída com essa finalidade. Mais do que isso, a proposta abrange ainda beneficiar a população carente, que poderá ter a oportunidade de visitar o estádio e assistir, ao vivo e a cores, uma partida que só seria imaginada diante de uma televisão”, finalizou.

Deixe um comentário