Sem ter feito tratamento médico algum, mulher de 66 anos é considerada curada do HIV

Foto: Divulgação/AMFAR

Nesta quarta-feira (26), a primeira pessoa na história a ser considerada curada do HIV sem ter feito nenhum tratamento médico foi confirmada. A americana Loreen Willenberg, 66, foi infectada em 1992, e está há anos sem resultados positivos para o vírus.

Em pesquisa publicada na revista Nature, a médica Xu Yu, do Ragon Institute, em Boston, conta que foram analisadas 1,5 bilhão de células do corpo de Loreen, inclusive do intestino e reto. Apesar de novas técnicas sofisticadas para encontrar o vírus no genoma terem sido usadas, nenhum traço foi achado.

As outras duas pessoas que são consideradas livres do HIV passaram por transplantes de medula óssea, um tratamento considerado arriscado. O paciente brasileiro anunciado como curado aguarda mais resultados para entrar definitivamente no rol.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta