Meio ambiente

Sema e secretários municipais do Meio Ambiente discutem políticas ambientais durante Fórum no AM

FOTO: Divulgação/Sema

Secretários de Meio Ambiente de 47 municípios do Amazonas estiveram reunidos, nesta terça-feira (30), durante a 19ª Reunião do Fórum Permanente das Secretarias Municipais de Meio Ambiente do Amazonas (Fopes). O encontro, que ocorreu de forma on-line, teve como objetivo integrar os novos gestores das pastas, além de discutir soluções para diversas pautas ambientais recorrentes no interior e na capital.

A reunião do Fopes é realizada duas vezes ao ano, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). Participaram da abertura do evento o secretário da Sema, Eduardo Taveira; o diretor-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Juliano Valente; o secretário executivo de Segurança Pública do Amazonas (SSP), Anézio de Brito Paiva; o subsecretário executivo de Ações de Proteção e Defesa Civil, Clóvis Araújo; além do Comandante Geral dos Bombeiros, Coronel Danízio Valente e a secretária de Meio Ambiente de Nova Olinda do Norte e Presidente Interina do Fopes, Vilmara Souza.

De acordo com o secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Taveira, o encontro é um momento importante para alinhar soluções em conjunto para a gestão ambiental do Amazonas. Além disso, a 19ª edição do Fopes marcou o início da articulação entre o Estado e a nova gestão municipal, que tomou posse no início do ano.

“A realização do 19º encontro do Fopes é justamente para a gente fazer uma integração da rede que a Sema tem investido, para poder descentralizar a política ambiental do Estado. Essa descentralização passa pelo fortalecimento das agendas de meio ambiente, também, nos municípios. Então, a ideia é a gente ter um cenário onde a política pública ambiental seja fortalecida em todos os níveis, pois quanto maior a integração, maior será o acesso dos cidadãos à política pública na área de meio ambiente”, afirmou.

O encontro teve início pela manhã. Na ocasião, os secretários municipais foram apresentados ao plano operacional que conduzirá a Operação Integrada Tamoiotatá, lançada na segunda-feira (29/03) pelo Governo do Amazonas, para combater o desmatamento ilegal e as queimadas não autorizadas no estado. Um workshop sobre as competências legais e atribuições dos Municípios, no âmbito das Políticas Nacional e Estadual de Meio Ambiente, também fez parte da programação.

A reunião discutiu ainda temáticas relacionadas a resíduos sólidos e implantação de aterros sanitários, Licenciamento Ambiental, gestão de recursos hídricos, o mercado de créditos de carbono, Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) e os critérios para aprovação de projetos junto ao Fundo Estadual de Meio Ambiente (Fema).

Uma das participantes foi a secretária de Meio Ambiente de Maués, Jane Crespo, que avaliou o Fopes como um “canal importante de troca de informações entre instituições e organismos de cunho ambiental”. “Nesse contexto, as orientações técnicas e de legalidade discutidas durante o Fórum fortalecem as ações de licenciamento, fiscalização, monitoramento e de educação ambiental aplicadas em condições locais, junto às secretarias municipais de meio ambiente”, completou.

O secretário municipal de meio ambiente de Tonantins, Rubervan Castelo, à frente da pasta pela primeira vez, também participou ativamente do evento. “O Fopes é importante, porque é onde os secretários estão tendo o privilégio de ouvir o Estado, e de obter informações necessárias para que o nosso Município possa colocar mais ações em prática. A união faz a força e juntos vamos vencer os obstáculos ambientais que estiverem pela frente”, pontuou.

Também participaram do evento os representantes das pastas ambientais dos municípios de Alvarães, Anamã, Apuí, Atalaia do Norte, Autazes, Barreirinha, Benjamin Constant, Boa vista do Ramos, Boca do Acre, Borba, Caapiranga, Canutama, Carauari, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Coari, Envira, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Jutaí, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Manicoré, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Pauini, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Iça, São Gabriel da Cachoeira, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tabatinga, Tapauá, Urucará e Urucurituba.