Semana do Bebê Manauara acontece em creche municipal da zona Norte

20
Foto: Clemir Santos/Semed

Em continuidade ao 4º Festival da Semana do Bebê, promovido pela Prefeitura de Manaus, que tem como tema “Primeira Infância: agora e no futuro”, a creche municipal Eliana de Freitas, localizada na zona Norte, recebeu as diversas parceiras para trabalhar com os pais das 180 crianças atendidas pela unidade as questões relacionadas aos cuidados no pré-natal da mulher, parto e pós-parto.

A ação também alertou sobre a importância da caderneta de saúde da criança, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST), assistência social, criança e cidadania, além de um espaço de sondagem sobre violências.

O encontro é realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), Secretaria Municipal de Juventude Esporte e Lazer (Semjel), Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados (Acnur), Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

A assessora da Divisão de Educação Infantil da Semed (DEI), Rosana Dutra, explicou que a ação ocorreu por conta do Agosto Dourado, mês dedicado à intensificação das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno.

O apoio com os temas relacionados à saúde é por conta da Semsa, com a técnica em saúde da criança e adolescente, Mara Varela.

Semana do Bebê Manauara

A Semana do Bebê Manauara foi instituída pela Lei municipal nº 2.225 de 2017 e tem como proposta reunir esforços de governos e da sociedade em torno da garantia do direito das gestantes, mães, pais e seus filhos. Durante o mês de agosto, são realizados cinco festivais, sendo um por Divisão Distrital Zonal (DDZ)/ Distrito de Saúde (Disa).

A semana possibilita uma avaliação das condições sociais, educacionais e de saúde que o município oferece às crianças de 0 a 6 anos nascidas e, a partir dessa avaliação, melhorar os serviços públicos para a primeira infância.

*Com informações da assessoria