Cidades

Semsa disponibiliza testes gratuitos de diagnóstico de DSTs para a população

Os resultados são liberados, em média, uma hora após a realização do teste- foto: Alex Pazuello
Redação
Postado por Redação

Para auxiliar no diagnóstico precoce de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) como HIV, sífilis e as hepatites, a Prefeitura de Manaus disponibiliza, gratuitamente, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), testes rápidos em 147 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na Maternidade Moura Tapajóz, neste caso, especificamente para o público interno, mulheres e mães.

Os resultados são liberados, em média, uma hora após a realização do teste. Os endereços das unidades estão disponíveis neste link. [clique aqui]

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, destaca que o combate a essas doenças está na prevenção e no diagnóstico precoce.

Além disso, há quase um ano a Semsa disponibiliza uma Unidade Móvel de Aconselhamento e Testagem Rápida para HIV, Sífilis e Hepatites, um micro-ônibus adaptado, com ambiente interno climatizado e espaços para realização das atividades de aconselhamento pré-teste, testagem e aconselhamento pós-teste e, ainda, atividades de mobilização social e educação em saúde.

Testes

Os testes são ofertados para todos os públicos. Menores de 18 anos devem ser acompanhados pelos pais ou responsáveis. Para a realização da testagem nas UBSs, é necessário agendar o atendimento. No caso das unidades de horário ampliado, o critério é a ordem de chegada.

Além da transmissão através do contato sexual com a pessoa infectada sem o uso do preservativo, no caso do HIV existem outras formas de contágio: contato direto com sangue contaminado por meio de seringas, agulhas e transfusões sanguíneas ou da mãe infectada com o vírus para o filho durante a gravidez, o parto e aleitamento.

Nos casos positivos, pacientes diagnosticados com HIV são encaminhados para um dos Serviços de Atenção Especializada (SAE); os pacientes com hepatite são encaminhados para a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado e, os pacientes com sífilis podem ser tratados diretamente na UBSs.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com