Série de entrevistas discute atuação de entidades no enfrentamento a violência obstétrica

A iniciativa tem por objetivo esclarecer profissionais e usuários das redes públicas e privadas de saúde sobre o tema.

O Comitê Amazonense de Enfrentamento à Violência Obstétrica realizará, a partir da próxima da próxima terça-feira (24), uma série de entrevistas com representantes das entidades que compõem o comitê. Abertas ao público e transmitidas ao vivo no canal do comitê no YouTube, as entrevistas ocorrerão entre os dias 24 e 26 de novembro e entre 1 e 3 de dezembro, todas a partir das 19h (horário de Manaus).

A série de entrevistas vai discutir sobre a atuação das entidades e seu papel no enfrentamento à violência obstétrica e na defesa das mulheres, além da participação do movimento de humanização do parto na construção e aprimoramento de políticas públicas e a função do comitê em relação ao atendimento das mulheres.

Além do Ministério Público Federal (MPF), representado pela coordenadora do Comitê Amazonense de Enfrentamento à Violência Obstétrica, procuradora da República Bruna Menezes, as entrevistas terão representantes do Humaniza Coletivo Feminista, da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE/AM), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa).

Confira a programação do evento:

Foto: Divulgação

(*) Informações da assessoria