SES-AM apresenta a membros da Opas plano de contingência para o enfrentamento da Covid-19

Foto: Divulgação/Secom

A equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) apresentou, nessa quarta-feira (25), a membros da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas, o plano de contingência do Governo do Amazonas voltado ao enfrentamento à Covid-19 no período sazonal da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), de novembro a junho, quando é esperado um aumento nos casos de SRAGs, entre elas a Covid-19, no estado.

O Governo do Amazonas, por meio da SES-AM, recebe, de ontem (25) até sexta-feira (27), membros da Opas para executar uma nova etapa de acompanhamento às ações de combate à Covid-19 e assinatura de termo de cooperação para o enfrentamento à pandemia no estado.

O plano de contingência foi apresentado pela secretária executiva adjunta de Políticas em Saúde, da SES-AM, Nayara Oliveira Maksoud, e o secretário executivo de Assistência da Capital, Jani Kenta Iawata. “Com o plano, a SES-AM colocou no centro de sua mesa técnica como a sua rede deve estar reorganizada para atender a população em tempo hábil nesse momento”, disse Nayara durante a apresentação.

O secretário executivo de Assistência da Capital ressaltou a importância da parceria da Opas, que tem uma importante agenda técnica, no Amazonas, com profissionais que atuam na linha de frente da pandemia, durante toda semana. “Teremos reuniões com todos os técnicos, com equipe multidisciplinar, para pactuarmos ações. Será uma agenda bem técnica nos próximos dias”, explicou Jani Kenta.

O plano de contingência do Governo do Amazonas, que está com a primeira fase em execução, prevê ações para ampliar o número de leitos de UTI no hospital referência para o tratamento de Covid-19, no Amazonas, que é o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na zona norte de Manaus. Em 15 dias, o número de leitos de UTI da unidade subiu de 90 para 120, conforme o planejado pela SES-AM para essa primeira etapa.

Durante a reunião técnica, os membros da Opas destacaram a importância do Amazonas manter instalada sua estrutura para o combate à Covid-19, assim como aproveitar toda a experiência acumulada no enfrentamento da pandemia nos últimos seis meses.

Interior

Os membros da Opas elogiaram mais uma vez o trabalho da SES-AM junto aos municípios. Com o bom nível de cobertura da Atenção Básica, o interior vem dando respostas positivas no enfrentamento da pandemia.

“De tudo que a gente viveu, de todas as dificuldades, digo que a maior lição que ficou foi a parceria.  Sem ajuda, colaboração, a gente não teria conseguido tudo que a gente conseguiu”, destacou o secretário executivo de Assistência do Interior, Cássio Espírito Santo.

Termo de cooperação 

A assinatura do termo de cooperação entre o Amazonas e a Opas será realizada, na manhã desta quinta-feira (26/11), na sede do Governo, na zona oeste de Manaus. Por meio do termo, as duas partes se comprometem a aprimorar e desenvolver estratégias para a melhoria da qualidade de vida da população do Amazonas.

A Opas colabora com o Amazonas, apoiando as ações implantadas pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) no estado e fortalecendo a capacidade de vigilância em saúde, assistência em saúde, comunicação e de fornecimento de resposta rápida a surtos e notificação de casos da doença causada pelo novo coronavírus.

Números 

No Amazonas, são mais de 175,2 mil pessoas confirmadas por infecção pelo novo coronavírus, 4.826 óbitos pela doença, conforme o mais atualizado Boletim Diário de Casos de Covid-19 da FVS-AM, divulgado nesta quarta-feira (25).

(*) Informações da assessoria