Amazonas

SES-AM, Prodam e Exército testam conectividade via fibra ótica nos municípios do interior

FOTO: Divulgação/SES-AM

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) realizou videoconferência, nesta quinta-feira (29/04), com a Empresa de Processamento de Dados do Amazonas (Prodam) e membros do Exército Brasileiro, para demonstrar a conectividade via fibra ótica com os municípios de Barcelos, Coari, Iranduba e Nova Airão.

O secretário executivo adjunto de Tecnologia da Informação, Francisco Arce, enfatizou a relevância da reunião e os avanços para a saúde do Estado com a implantação da fibra ótica nas unidades do interior. “Essa reunião foi muito importante por conta dos testes, pois através da videoconferência evidenciamos o poder da conectividade e as possibilidades de ampliarmos os serviços na área de telemedicina”, relatou.

A instalação da fibra ótica foi realizada por meio do Programa Amazônia Conectada, que visa expandir a infraestrutura de comunicações e levar internet à região amazônica por redes óticas subfluviais, nos leitos dos rios, e inaugurou no mês de abril mais uma etapa do projeto, no município de Barcelos (a 399 quilômetros de Manaus).

Com a disponibilidade da rede, a SES-AM e o apoio da Prodam utilizaram a tecnologia para a melhoria e expansão da assistência à saúde por telemedicina no interior.

“Atualmente estamos trabalhando com a parte de teleconsultas, mas queremos ampliar e através do link de fibra nós poderemos ampliar e potencializar essas estratégias junto aos municípios”, explicou Francisco Arce.

 

Telemedicina

A SES-AM, por meio do “Programa Saúde Amazonas”, realiza teleconsultas em 15 municípios, com previsão de implantação total em 30 municípios até o mês de Junho e pretende atender regiões que não têm acesso a certas especialidades, fortalecendo a telessaúde, telemedicina e a teleconsulta.

Barcelos, atualmente, está na quarta posição do ranking de atendimento de teleconsultas por municípios, com 69 atendimentos no ano de 2021, até o momento, mas com a chegada da fibra ótica, a estimativa é que esse número possa crescer.