Sobe para 304 o número de casos notificados de sarampo no Amazonas

É essencial levar o cartão de vacinas e um documento pessoal com foto- foto: Valdo Leão

A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), órgão da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), divulgou nesta quarta-feira (25), por meio da Sala Estadual de Resposta Rápida para Surto de Sarampo do Amazonas, a 5ª edição do Boletim Epidemiológico. O boletim aponta 304 casos suspeitos de sarampo no Amazonas, destes, 290 notificados em Manaus.

O boletim mostra, ainda, que não há novos registros no interior, nas últimas duas semanas. Portanto, seguem as 14 notificações do boletim anterior, sendo seis (06) de Humaitá, um (01) de Anori, um (01) de Beruri, um (01) de Itacoatiara, um (01) de Itapiranga, um (01) de Iranduba, um (01) de Manacapuru, um (01) de Novo Airão e um (01) de São Gabriel da Cachoeira. O aumento do número de casos foi em Manaus, crescendo de 237, do último levantamento, para 290.

O boletim também não trouxe alteração em relação aos casos confirmados. Permanecem 16 casos confirmados de sarampo em Manaus e nenhum no interior, além de 40 descartados em Manaus e 04 no interior, referentes aos municípios de Anori, Beruri, Iranduba e São Gabriel da Cachoeira. Segundo o boletim, o Estado investiga 244 casos notificados.

O diretor presidente da FVS-AM, Bernardino Albuquerque, destaca que esta quinta edição do boletim demonstra a permanência das notificações dos casos de 57% em crianças de 6 meses até menores de cinco anos. “Essa faixa que está adoecendo é o mesmo grupo prioritário para Campanha de Vacinação contra o Sarampo, que continua até o dia 27 de abril em Manaus”, reforçou.

O secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, lembra aos pais e responsáveis que a vacina tríplice viral está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), da Prefeitura, e nos Centros de Atenção Integral à Criança (CAIC), do Estado. “Procurem a unidade mais perto de casa e protejam suas crianças. A vacina é um meio eficaz de prevenção e é acessível”, ressaltou.

Busca retrospectiva

Ainda no boletim, foram avaliados, na busca retrospectiva de casos suspeitos, aproximadamente 271.3208 prontuários, de unidades de saúde de urgência e emergência de Manaus. Destes, a equipe de vigilância epidemiológica da FVS identificou 49 casos suspeitos de sarampo.

Com informações da assessoria