‘Sou pedreiro e estava a caminho do serviço’, diz suspeito de assalto a ônibus detido pelo Capitão Alberto Neto

Foto: Reprodução

Na tarde da última quarta-feira (7), o delegado da Polícia Civil, Costa e Silva, candidato a vice-prefeito com o Coronel Menezes, publicou um vídeo ao lado do homem de 36 anos, identificado como o suspeito de assaltar ônibus em que o Capitão Alberto Neto deteve por, coincidentemente, estar fazendo bandeiraço na região.

De acordo com o vídeo, o rapaz diz que é pedreiro e que foi acusado injustamente por outro passageiro de ter furtado um aparelho celular.

”Entrou um rapaz no ônibus que disse que eu tinha pegado o celular dele, sendo que isso não tinha acontecido. Eu chamei ele pra ir na delegacia, chegando lá, revistaram a minha bolsa de ferramentas, revistaram tudo. Eu sou pedreiro, entendeu? E estava a caminho do serviço quando aconteceu isso comigo. E não acharam nada, só o meu material e o celular que é meu” disse o rapaz.

Assista ao vídeo:

 

Boletim de Ocorrência 

A equipe do Manaus Alerta entrou em contato com a Polícia Civil e, em nota, afirmaram que o Boletim de Ocorrência foi registrado no 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), pela supostamente vítima do furto, um rapaz de 27 anos. O suspeito do assalto foi liberado por não estar em posse do aparelho.

Confira a nota na íntegra:

Conforme o Boletim de Ocorrência (BO) registrado no 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), um homem de 27 anos foi detido na manhã desta quarta-feira (07/10), por volta das 9h, por supostamente ter furtado o aparelho celular de um indivíduo de 36 anos. O fato ocorreu em um ônibus coletivo da linha 651, que transitava pela avenida Cosme Ferreira, bairro São José Operário, zona leste de Manaus.

De acordo com o BO, a vítima informou que estava no ônibus e ao longo da viagem percebeu que estava sem o aparelho celular. Em seguida, pediu o celular emprestado de outro passageiro e ligou para o dele, que tocou próximo de outros três indivíduos dentro do coletivo. A vítima então se deslocou até eles e, durante a confusão, dois conseguiram fugir e o terceiro foi detido, porém não estava com o celular dele.

O rapaz foi levado ao 14° DIP, onde foi registrada a ocorrência como furto. Após os procedimentos cabíveis, o indivíduo foi liberado por não estar em posse do aparelho e não se encontrar em situação de flagrante. A equipe policial dará continuidade às diligências para recuperar o celular da vítima.

Entenda o caso

O candidato a prefeitura de Manaus, Capitão Alberto Neto (Republicanos), reagiu a uma suposta tentativa de assalto na manha da última quarta-feira (7), durante uma participação em um bandeiraço que ocorria nas proximidades da Feira do Coroado, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a assessoria do Capitão, os passageiros do ônibus de transporte coletivo gritaram para sinalizar que estavam sendo assaltados. O deputado foi até o veículo sacou sua arma e prendeu o suspeito até a chegada de reforço da Polícia Militar.

Por Portal Manaus Alerta