SSP-AM confirma seis mortos em tiroteio no Santo Agostinho

SPA Joventina Dias - Foto: Divulgação

Em ação policial no Santo Agostinho, zona oeste de Manaus, a Polícia Militar do Amazonas interceptou um ‘bonde’ que planejava novos homicídios no bairro, na madrugada deste domingo (21). Os criminosos entraram em confronto com as equipes policiais da Força Tática, Batalhão de Choque e Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam). Seis infratores foram presos, 12 armas de fogo foram apreendidas e seis outros suspeitos morreram durante troca de tiros. Nenhum policial ficou ferido.

Até as 18h27 deste domingo, o Instituto Médico Legal do Amazonas (IML) já havia identificado Cassiano Pinho da Silva, de 27 anos, e Herbert de Almeida Pereira, 30. Os demais ainda não foram identificados legalmente porque, até o momento, não foram apresentados documentos originais com foto. Caso as famílias não tenham, a identificação ocorrerá pela impressão digital ou por exame de DNA, dentro dos prazos legais.

Nos últimos dias, o bairro Santo Agostinho registrou quatro homicídios. A Polícia Civil investiga as mortes, que tem como motivação a disputa de facções rivais ligadas ao tráfico de drogas. Na madrugada deste domingo, os policiais militares da Força Tática iniciaram incursão no bairro para apurar uma denúncia anônima de que traficantes preparavam novo ataque.

Os policiais começaram a incursão pela Rua Santa Rita, por volta da 1h da madrugada, e foram recebidos a tiros. Um dos suspeitos foi alvejado. Com ele, os policiais pegaram três armas de fogo. O homem foi levado para atendimento no SPA Joventina Dias, na Compensa, também na zona oeste, mas acabou não resistindo.

As equipes continuaram a ação, com emprego de reforços da Rocam e do Batalhão de Choque, que fizeram uma varredura na região. Por volta das 1h10, uma equipe da Rocam se deparou com um grupo armado na Rua Projetada, loteamento Jonasa. Os traficantes atiraram contra os policiais, enquanto tentavam fugir. Dois suspeitos foram baleados, e os demais conseguiram escapar, nesse momento. No local, os policiais apreenderam uma submetralhadora 9mm e uma pistola 380. Os dois infratores foram levados ao SPA Joventina Dias, e acabaram morrendo.

Na Avenida Coronel Teixeira, as equipes do Choque se depararam com infratores armados. Eles iniciaram troca de tiros. Dois infratores foram baleados. Na ocasião, dois revólveres foram apreendidos.

A ação policial prosseguiu. Dessa vez, as equipes da PM fizeram uma incursão no Beco da Ursa Menor e conseguiram prender seis criminosos armados, cinco homens e uma mulher. Os presos são Aldeney de Souza Peres, 18, David Cristian Pedroza Vieira, 27, Gabriel Santos de Souza, 22, Júlio César Oliveira de Souza, 21, e Joab Oliveira Azevedo, 29, e Charliane Felix da Silva, 31. Com o grupo, foram apreendidas quatro armas de fogo. Duas pistolas, um revólver e uma arma caseira, além de seis quilos de entorpecente.

O caso foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia Civil, no Santo Agostinho, onde os suspeitos foram flagranteados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte de arma de fogo de uso restrito. Além das 12 armas de fogo, a ação policial apreendeu 111 munições, de diversos calibres, sendo cinco delas deflagradas.

Homicídios

Nesta semana, foram registradas duas ocorrências de homicídio no bairro, com quatro mortes. Os dois primeiros assassinatos ocorreram na terça-feira (16), quando dois homens foram baleados na Rua Nelson de Farias. Na quarta-feira (17), outros dois homens foram assassinados na Avenida Liberdade. Os casos estão em investigação pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Com informações da assessoria