Brasil

STJ concede liberdade a Queiroz; ex-assessor de Flávio Bolsonaro deve seguir em prisão domiciliar

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu, por 4 a 1, liberdade para Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Queiroz (Republicanos-RJ), e sua esposa, Márcia Queiroz. As informações são do G1.

O ex-assessor continua em prisão domiciliar até que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), avalie a decisão. No entanto, a defesa de Queiroz alega que a decisão tem efeito imediato.

A maioria dos ministros entendeu que houve excesso no prazo da prisão cautelar de Queiroz e da esposa. O único rejeitou o recurso, foi o relator, ministro Felix Fischer.

Fabrício Queiroz e a esposa foram presos pela Polícia Federal, acusados de serem operadores do suposto esquema de “rachadinha”, apropriação de parte dos salários de assessores do senador Flávio Bolsonaro, na época em que era deputado estadual no Rio de Janeiro.