Brasil

‘Sufoquei com minhas mãos’, relata mãe que matou e jogou recém-nascido no lixo

foto: reprodução

Investigadores da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), no Distrito Federal, que investigam o caso da mãe de 41 anos presa por matar o filho após o nascimento, na última segunda-feira (11), ficaram estarrecidos com a frieza com que a mulher detalhou o crime. Com o quadro clínico estabilizado, a mulher foi ouvida pelos policiais ainda no leito ocupado pelo ela, no Hospital de Base, nesta terça-feira (12).

A diarista, que mora na vila Telebrasília, confessou que não sabe dizer quem é o pai da criança, que não tinha intenção de criar o filho e escondeu a gravidez de todos seus familiares e amigos. “Ela alegou que a criança nasceu com vida e a asfixiou com as próprias mãos, logo após dar a luz no banheiro”, disse o delegado Maurício Iacozzilli.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.