Supermercado é autuado por vender tomate estragado e praticar preços abusivos, diz Comdec

Foto: Indira Queiroz/CMM

A Comissão de Defesa do Consumidor (Comdec) da Câmara Municipal de Manaus (CMM), autuou, nesta quinta-feira (18), um grande supermercado da cidade, localizado na avenida Padre Agostinho Cabalero Martin, bairro Compensa, Zona Oeste, por vender tomate estragado e praticar preços abusivos em alguns produtos. O nome do estabelecimento não foi informado pelo órgão.

A autuação foi durante uma fiscalização realizada pela Comdec, em alguns supermercados da cidade, para averiguar o preço de cestas básicas que estariam com o valor acima da média, conforme explicou o presidente da Comissão, vereador André Luiz (PL).

“Recebemos muitas denúncias quanto ao aumento no valor da cesta básica e decidimos ir até alguns destes estabelecimentos para averiguar a veracidade das denúncias e encontramos em um deles essa situação”, disse.

O supermercado terá o prazo de dez dias para fazer os ajustes, sob pena da denúncia ser encaminhada para o Ministério Público do Amazonas para que tome as devidas providências.

Blitz

A Comissão de Defesa do Consumidor da CMM, tem realizado constantemente várias fiscalizações em diversos estabelecimentos de Manaus, e tem tido um bom retorno, por meio da conversa com os proprietários, que atenderam os pedidos para adequação de preço, produtos e uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

O que para o vereador André Luiz, é resultado de um processo acirrado de fiscalizações, exigindo, além de preço justo, as medidas necessárias para proteger o consumidor durante a pandemia do novo coronavírus.

Qualquer denúncia pode ser encaminhada para a Comdec por meio do “WhatsApp” (92) 99263-3587 e também pelo email: [email protected]

As informações são da CMM