Brasil

Suspeito de atirar em convidados durante casamento se entrega

O suspeito foi autuado por por dupla tentativa de homicídio. O homem, identificado como Betinho, diz que agiu por vingança.
Redação
Postado por Redação

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (1), um homem suspeito de atirar em duas pessoas durante uma cerimônia religiosa, na cidade de Limoeiro de Anadia, região Agreste de Alagoas.


De acordo com a polícia, Humberto Ferreira Santos se apresentou à ª Delegacia Regional de Polícia, em Arapiraca, e prestou depoimento. Segundo informações do Extra, o suspeito foi autuado por por dupla tentativa de homicídio. O homem, identificado como Betinho, diz que agiu por vingança.

“Ele (Betinho) disse que agiu por vingança porque suspeita que os dois mandaram matar o filho e o pai dele. O autor já tinha esse ódio dos dois e disse que, no dia do casamento, ao passar eles zombaram dele. Cego de raiva, ele disse que nem viu que entrou na igreja. Pegou a arma que tinha no carro e foi atrás dos dois”, disse o delegado Carlos Humberto de Almeida.

De acordo com o delegado, o crime ocorreu há dois anos e ao autor dos disparos acredita que os mandantes tenha sido Edmilson Bezerra da Silva, de 37 anos Cícero Barbosa da Silva, de 62 anos, pai de Edmilson, os dois feridos durante a cerimônia de casamento. Os dois, segundo o delegado, não foram feridos com gravidade e um deles já recebeu alta.

Com informações do Notícias ao Minuto

Comentários

comentários


Deixe um comentário