Suspeito é detido por crime ambiental fazendo transporte de madeira ilegal, em Manaus

Foto: Divulgação/PMAM
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Policiais militares do Comando de Policiamento Ambiental (CPAMB), por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAMB), detiveram na manhã desta terça-feira (28) um homem suspeito de participar de uma quadrilha que transporta e comercializa madeira ilegal no Amazonas. Com ele, os policiais apreenderam um veículo modelo Fiat Strada, placas NOO-5801, uma agenda, dois cadernos contendo anotações de venda e transporte ilegal de madeiras, um aparelho celular Samsung, um bloco de pedidos, quatro folhas de cheque somando um valor de R$ 18.834,00, a quantia de R$ 1.529,00 em espécie.

Os policiais que atenderam à ocorrência disseram que por volta das 6h15, quando saíram do quartel, localizado nas proximidades do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, perceberam que um veículo os seguia, e o motorista a todo instante usava o telefone. Por volta das 7h30, já no bairro Santo Agostinho, a guarnição decidiu realizar a abordagem ao veículo suspeito. Durante revista pessoal e no interior do veículo, os policiais encontraram a agenda e os cadernos contendo anotações a respeito da venda e transporte de madeira ilegal.

Ao ser indagado, o condutor informou que naquele momento havia um caminhão transportando madeira ilegal na zona leste da cidade. Feito o deslocamento, a guarnição constatou a denúncia e localizou o caminhão, que logo foi abordado. Foi verificado que o condutor não possuía o Documento de Origem Florestal (DOF) referente à carga de aproximadamente 7 metros cúbicos de madeira cerrada, tipo tábuas.

Diante dos fatos, todos os envolvidos foram conduzidos à Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema) para os procedimentos legais.

O Batalhão Ambiental orienta a população que realizar o transporte de produto florestal sem o Documento de Origem Florestal (DOF) ou em desacordo com o documento obtido, configura crime ambiental, sujeitando seu(s) autor(es) às penalidades prevista em legislação criminal.

Mais informações podem ser obtidas e denúncias podem ser feitas diretamente ao BPAMB (92) 98842-1553, ou diretamente no endereço da Unidade, localizada na avenida Santos Dumont, Tarumã, em frente ao aeroporto internacional.

*Com informações da assessoria


Deixe um comentário