Telemedicina: conheça 6 mitos e verdades do atendimento remoto

Foto: Divulgação/Metrópoles

A pandemia de Covid-19 fez com que os profissionais de saúde e os pacientes se acostumassem ao atendimento remoto. As consultas on line foram adotadas para evitar que os hospitais ficassem sobrecarregados e o risco de contaminação aumentasse.

Apesar de a telemedicina existir desde 2002, a regulamentação de antes da pandemia autorizava apenas a realização de triagem para o encaminhamento de consultas presenciais.

Com uma nova normativa aprovada em março, mesmo mês em que a Covid-19 foi declarada pandemia mundial, os médicos foram autorizados a atender pacientes, emitir atestados e receitar à distância.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta