Cidades

Teste do Pezinho e Doença Falciforme são temas de palestra no Hemoam

A iniciativa consiste em ampliar o envolvimento dos homens no cuidado com a parceira e o filho durante o pré-natal, o parto e o pós-parto.
Redação
Postado por Redação

Hoje (24) e amanhã (25), a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), promove uma programação especial com o tema “Qualificação do Teste do Pezinho e Cuidados com a Dor na Doença Falciforme”. A atividade é realizada em alusão ao Dia do Pezinho, que foi comemorado em 6 de junho.

O evento é direcionado para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, que estão integrados em Unidades de Saúde dos municípios do Amazonas. A programação também faz parte do calendário de atividades do Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN).

O objetivo das palestras é preparar a equipe de profissionais da área de saúde, por meio de uma formação especializada para aprimorar as habilidades em executar funções específicas estabelecidas no PNTN. As palestras serão ministradas pela farmacêutica-bioquímica Lilian Wallace Moreira, enfermeiro Evilázio Cardoso Cunha e conta com a participação da enfermeira Cleomirtes Silva Sales, da Coordenação Estadual de Triagem Neonatal do Amazonas.

Qualificação

De acordo com Cleomirtes Sales, a qualificação desses profissionais irá garantir o resultado em tempo oportuno, considerando a qualificação de médicos e enfermeiros para a coleta do Teste do Pezinho e assistência ao paciente portador de Doença Falciforme nos interiores do Estado.

PTNT

O Programa Nacional de Triagem Neonatal (PTNT) incentiva o aperfeiçoamento do serviço de Triagem Neonatal no Amazonas, no âmbito do SUS, objetivando alcançar os indicadores de cobertura e coleta dos 100% dos nascidos vivo no Estado, considerando a Portaria GM/MS n° 822 de 6/6/2001, que estabelece a realização de diagnóstico, acompanhamento e tratamento por uma equipe multidisciplinar das crianças diagnosticadas positivamente com as doenças inseridas no programa, sendo elas: Hipotireoidismo, Congênito, Fenilcetonúria, Falciformes, Hemoglobinopatias, Fibrose, Cística, Hiperplasia Adrenal Congênita e Deficiência de Biotinidase.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários


Deixe um comentário