TV e Famosos

Tom Veiga teria sido agredido por ex-mulher: ‘Acabou com a minha vida’

Foto: Reprodução

Tom Veiga voltou a ser um dos assuntos mais falados da internet após o colunista Leo Dias revelar que a família quer exumar o corpo para provar que o ex-intérprete do Louro José foi envenenado. Segundo o jornal Extra, Tom teria sido agredido pela ex-mulher, Cybelle Hermínio da Costa.

Na última terça-feira (6), o jornal publicou uma reportagem na qual revelou que três dias antes de morrer Tom pediu a um um amigo que fosse com ele até um cartório para testemunhar uma mudança em seu testamento.

Em um novo desdobramento, o jornalista teria contado a Alessandra Veiga, com quem foi casado por 12 anos e ensaiava uma reconciliação, que foi agredido por Cybelle na noite do dia 7 de setembro. Em mensagens de texto, Tom relatou o ocorrido e mostrou fotos. Tom e Cybelle ficaram casados de janeiro a setembro de 2020.

“No dia 4 de outubro, depois de a gente se falar por vários motivos e assuntos, o Tom me abordou meio diferente e falou que nunca tinha me falado o motivo da separação dele dessa moça. Aí, ele me mandou as fotos da agressão e a partir dali os áudios. Disse que tinha muita vergonha, que estava se sentindo um lixo, se sentindo mal, à base de calmantes, com muita vergonha. Ele me contou, está nos áudios, que foi agredido depois de uma briga boba”, revelou Alessandra ao portal.

Nos áudios e pelo diálogo trocado pelo WhatsApp, Tom contou detalhes da confusão formada no feriado da Independência em sua casa, num condomínio do Recreio dos Bandeirantes, na Zona oeste do Rio. A discussão com Cybelle teria acontecido na hora do almoço, motivada por uma ordem que ele deu ao filho de Cybelle, que insistia, segundo Tom, em almoçar dentro da piscina, e ele não deixou. Diante da negativa do marido, Cybelle fez a vontade do filho mesmo assim, contou o ator.

Deixe um comentário