Tufão Hato deixa 12 mortos em Macau e no sul da China

O tufão Hato provoca ondas em Hong Kong - TYRONE SIU / REUTERS
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

PEQUIM – O mais poderoso tufão a torcar terra no sul da China em mais de meio século deixou pelo menos 12 mortes e inundações repentinas no sul da China e em Macau, uma área conhecida por seus casinos, inundando ruas.
Hato causou oito mortes na antiga colônia portuguesa, incluindo dois homens achados durante a noite em uma garagem, informaram autoridades em Macau nesta quinta-feira. Outras 153 pessoas ficaram feridas em meio a grandes inundações e cortes de energia, ventos fortes e chuvas intensas.

— Esta é uma desgraça, as perdas são altas e muitos edifícios precisam de reparos — disse José Pereira Coutinho, legislador da região, acrescentando que muitas pessoas ainda não têm água ou eletricidade.

Coutinho disse que as inundações eram mais graves nas partes mais antigas da cidade, onde suas ruas estreitas recordam seu passado colonial por mais de quatro séculos.

— As pessoas estavam nadando, pedindo ajuda. Não há barcos. A água veio de repente — disse o legislador, que criticou o governo da cidade pela lentidão de sua resposta.

Outras quatro pessoas morreram na vizinha província de Guangdong e uma continua desaparecida, segundo a agência oficial de notícias chinesa Xinhua. O tufão Hato varreu a região na quarta-feira com ventos de até 160 quilômetros por hora. O meteoro foi enfraquecido à tempestade tropical nesta quinta-feira em seu avanço para o oeste, para a região de Guangxi.

Cerca de 27 mil pessoas foram evacuadas para abrigos de emergência, informou a Xinhua, que também relatou danos extensivos por fortes chuvas e marés crescentes. Quase dois milhões de casas foram temporariamente deixadas sem eletricidade, enquanto os barcos de pesca foram chamados ao porto e foram suspensos os serviços de trem e voos.

Em Hong Kong, que fica a 40 quilômetros de distância de Macau, foram registradas inundações, mas não houve fatalidades.

Fonte: O GLOBO


Deixe um comentário