Cidades

UEA oferece atendimento gratuito para diabéticos

O atendimento será gratuito. Entretanto, o interessado deverá solicitar uma marcação por meio de um envio de mensagem de WhatsApp- foto: Joelma Sanmelo
Redação
Postado por Redação

As pessoas que têm pé diabético, calosidades nos pés e micoses nas unhas poderão, a partir desta quinta-feira (26) até domingo (28), se consultar gratuitamente, com agendamento prévio, durante o 3º Ciclo de Práticas Avançadas em Estomaterapia, que será realizado pelo curso de Especialização em Estomaterapia, Estomias, Feridas e Incontinência da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Os atendimentos serão realizados no Laboratório de Estomaterapia da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA), na avenida Carvalho Leal, 1.777, Cachoeirinha.

O evento terá a participação da professora Suely Rodrigues Thuler, de São Paulo, uma das maiores especialistas da área, e de enfermeiros estomaterapeutas. A estrutura do encontro conta com estações de avaliações clínicas, plantigrafia, exame vascular, testes neurológicos, estação de micromotores, estação de laser e avaliação por termografia, além de curativos especializados, através da Ozonioterapia e aplicação de laser, ultrassom e eletroterapia, conforme critérios e indicações técnicas.

Atendimento

O atendimento terá quatro estações: estação de cuidados podiátricos, sob a responsabilidade da Dra Suely Rodrigues Thuler; a estação de nutrição, sob a responsabilidade da Dra Sálvia Belota; a estação de eletroterapia, drenagem linfática e avaliação por termografia, sob a responsabilidade da fisioterapeuta Dra Leiliane Bonfim e do professor e estomaterapeuta Dr. Nilson Bezerra; e a estação de tratamento avançado de feridas, com a professora e estomaterapeuta Dra. Eliana.

O coordenador da especialização em Estomaterapia, Estomias, Feridas e Incontinência da UEA, Nilson Bezerra, explica que a consulta deverá passar por agendamento prévio. “O atendimento será gratuito. Entretanto, o interessado deverá solicitar uma marcação por meio de um envio de mensagem de WhatsApp para o número 98173-9049”, explicou.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário